Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Com 29 afoxés, carnaval do Recife vai celebrar cultura negra

Ritual realizado por afoxés pede boas energias para a celebração da festa de rua na capital pernambucana
A imagem mostra afoxés no Passeio Rio Branco, no Bairro do Recife, e faz parte da agenda oficial do Carnaval realizada pela Prefeitura do Recife em 2023.

Foto: Camila Leão/PCR

29 de janeiro de 2024

No Carnaval de 2024, o Recife (PE) celebrará suas raízes africanas e herança cultural com a quinta edição do projeto “Ubuntu – Uma Consagração ao Povo Negro”. Neste ano, 29 grupos de afoxé participarão do evento, levando para as ruas a cultura dos terreiros de candomblé. O primeiro ensaio geral foi neste domingo (28), no Pátio de São Pedro.

A cerimônia, que ocorrerá na quinta-feira de abertura do Carnaval, dia 8 de fevereiro, começará às 6h com o banho de ervas. Os afoxés realizarão uma lavagem na Avenida Rio Branco, com convite aos foliões a trazerem suas boas energias para abrir caminho para o Carnaval. Ao final do percurso, as agremiações se apresentaM no palco do Marco Zero, com cada afoxé entoando uma música em reverência aos Orixás, com a participação especial da cantora Mariene de Castro, mulher negra e candomblecista.

Projeto Ubuntu

O projeto Ubuntu, idealizado por Dona Carmem Virginia, iabassê do Afoxé Ogbon Obá e do restaurante Altar Cozinha Ancestral, em colaboração com a União dos Afoxés de Pernambuca (UAPE), presta homenagem a figuras que contribuem para a causa negra. 

A apresentadora do evento, Dona Carmem Virgínia, homenageará Rose Santos, Fabiano Santos, Jorge Riba, Vera Baroni, Rivaldo Pessoa (em vida), e João de Deus, Mestre Zumbi Bahia, Marta Almeida, Arnaldo Vicente, Geovânia Moura, Carlotinha de Oxum, e Mãe Carmelita (in memoriam).

O trajeto da Av. Rio Branco até o Marco Zero simboliza um ritual de purificação com um banho de ervas chamado amaci (omíeró), iniciando às 6h da abertura do Carnaval. A cerimônia envolve a preparação do amaci por ialorixás e babalorixás dos 29 afoxés, seguida por um cortejo pela Avenida Rio Branco, lavagem, e apresentações no palco do Marco Zero, encerrando às 17h30.

Os afoxés representam o candomblé nas ruas, com a incorporação de tambores e toques específicos dedicados a cada Orixá, acompanhados por vozes e dança. O Ubuntu reúne essas expressões no cair do sol, resultante em um espetáculo repleto de ritmos, cores, fé e tradição. Além disso, o evento contará com o Tumaraca, outra grande apresentação no palco do Marco Zero.

No domingo (4), o Pátio de São Pedro receberá o Encontro de Afoxés, com a primeira parte marcada para o dia 28 de janeiro. A segunda parte tradicionalmente ocorre no Pátio do Terço, no domingo de Carnaval, 11 de fevereiro, e contará com a participação de 20 agremiações. O evento é um convite para celebrar a vida e a cultura negra junto com as tradições do Carnaval do Recife, conforme nota da prefeitura.

Serviço

Ubuntu – Lavagem do Passeio Rio Branco – 29 Afoxés

Quando: 8 de fevereiro (quinta-feira)

Amaci – Preparo das Ervas – Núcleo Afro no Pátio de São Pedro: 6h

Concentração dos afoxés: 15h

Saída do cortejo e lavagem da Rio Branco: 15h30

Apresentações dos Afoxés no Palco do Marco Zero: 16h às 17h30

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano