Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mestre Nego Bispo dará aula magna em abertura da Escola Trama Afetiva

Voz relevante pelos direitos dos quilombolas e da luta pela terra participará da abertura da escola, que pretende ser um espaço para o exercício do olhar decolonial e de enaltecimento da diversidade

Texto: Redação | Foto: Alexia Melo

Imagem mostra Nego Bispo, um idoso negro, com barba grisalha e grande e cabeça raspada. Ao fundo, há uma área de mata desfocada.

Foto: Alexia Melo

28 de agosto de 2023

O ativista político e dos povos quilombolas Antônio Bispo dos Santos, o mestre Nego Bispo, vai ministrar uma aula magna na Escola Trama Afetiva (ETA!) na próxima sexta-feira (1), às 19h, com transmissão online via YouTube. A atividade marca a abertura do projeto gestado desde 2021 pela plataforma Trama Afetiva e, agora, viabilizado pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac).

A escola pretende ressaltar a vocação da Trama de ser uma escola de pensamento para a produção criativa e seu método pedagógico visa o exercício do olhar decolonial, transdisciplinar e ético, o enaltecimento da diversidade brasileira, a formação de uma rede de pessoas aptas à ação e a formação de embasamento teórico e crítico acerca da criação, para que, antes do início de qualquer processo, os grupos que fazem parte do meio se questionem sobre a que ou a quem serve o que será criado.

Poeta, escritor e intelectual, Nego Bispo nasceu no Piauí e se autodenomina “relator de saberes”. É autor de artigos, poemas e livros, sendo o mais recente “A Terra Dá, a Terra Quer” (2023), em que aponta as contradições dos ditos processos de desenvolvimento.

A Trama Afetiva

Iniciada em 2016 por Jackson Araujo, Luca Predabon e Rogério Zé, a Trama Afetiva é uma plataforma de convergência e pesquisa de estudos em design e inovação para resíduos da indústria têxtil e ambiente por meio do diálogo entre pensadores, artistas, ativistas, cientistas, empresários e representantes da sociedade, na busca por uma indústria sustentável, criativa e, sobretudo, inclusiva e diversa. A iniciativa começou voltada para a ressignificação da produção da cadeia da moda pela técnica do upcycling, com ativações voltadas para a seara técnica, como aulas práticas, oficinas e desenvolvimento de produtos. Mas os organizadores logo perceberam que, além do descarte material, a norma da moda também tem resíduos políticos: marginalização e invisibilização de corpos gordos, pessoas com deficiência (PCDs), comunidade LGBTQIAPN+, e também o reforço de estereótipos de gênero.

Assim, os direcionais que já guiavam a Trama desde o início se consolidam em elementos inegociáveis do projeto: afirmar a moda como comportamento e sistema social, numa perspectiva decolonial, antirrascista, anticapacitista e contra a misoginia e a LGBTfobia. Nisso, ao trabalho de design social e regenerativo, que conecta saberes a aplicações produtivas na busca de transformação socioambiental, a Trama Afetiva somou debates e conteúdos sobre diversidade e sustentabilidade para, principalmente, se colocar como agente de uma mudança regenerativa de pensamento para indústrias criativas a partir dos conceitos da Economia Afetiva – que não trata apenas de produtos, e sim de pessoas.

Serviço:

Escola Trama Afetiva – Aula Magna com Mestre Nego Bispo

Quando: 1º de setembro, ás 19h

Onde: Transmissão online via canal do YouTube da Fundação Hermann Hering

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano