Pesquisar
Close this search box.

Museu das Favelas comemora abertura com festival em homenagem aos 50 anos do Hip-Hop

Evento acontece no sábado (26), no Palácio dos Campos Elíseos, em São Paulo, com exposições e atividades educativas; a entrada é gratuita para todo o público, confira a programação
A imagem mostra pessoas negras andando em frente ao prédio do Museu das Favelas

Foto: Nego Júnior

24 de novembro de 2023

O Museu das Favelas, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, abre as portas ao público, no sábado (26), para a celebração do seu primeiro aniversário. O evento contará com programação gratuita e voltada a todos os públicos, em especial, de periferias, ocupações e outros territórios.

O Festival do Museu das Favelas será aberto com a exposição FAVELA-RAIZ, uma ocupação-manifesto que representa o primeiro movimento de transformação do Palácio dos Campos Elíseos, reverenciando a memória e as heranças das lutas que marcaram a história do local.

Na programação está prevista uma homenagem ao Hip-Hop que, há 50 anos, surgia com uma festa no Bronx. Ali, Cindy Campbell e seu irmão DJ Kool Herc uniram, pela primeira vez, o rap, o break, o graffiti e o DJ. Esse encontro foi batizado e consolidado como cultura Hip-Hop pelo DJ Afrika Bambaataa, fundador da Universal Zulu Nation. 

Para o final de semana, o Instituto SulAmérica, organização sem fins lucrativos cujo objetivo é possibilitar o acesso de pessoas em situação de vulnerabilidade social ao cuidado de saúde emocional, apresenta uma programação com atividades culturais e educativas, reforçando o direito de todas as pessoas à saúde emocional.

O Museu das Favelas recebe, também, a exposição “Identidade Preta: 20 anos de Feira Preta“. Realizada pelo Preta Hub, liderado pela empresária Adriana Barbosa, a exposição traz de modo lúdico a história de um dos primeiros eventos de valorização da cultura empreendedora negra e periférica de São Paulo. Além da exposição, o Museu das Favelas receberá, no final de semana da abertura, o SPerifas, versão pocket da Feira de Empreendedores.

Localizado no Palácio dos Campos Elíseos, o Museu das Favelas busca uma conexão direta com as experiências de quem vive nas favelas no cotidiano, em sua dimensão individual e coletiva, partindo de um local de pluralidade e diversidade de narrativas que surgem com a proposta de ser um ponto de acolhimento e potencialização das favelas.

Antes de sua abertura, o Museu realizou um ciclo de encontros com lideranças, artistas, agentes e produtores atuantes nas periferias do país, rodas de conversa sob o predicado “Ser Favela”, com o intuito de trocar experiências e construir um caminho colaborativo que precede o processo de curadoria e programação.

PROGRAMAÇÃO

Exposição Favela-Raiz

A partir de 26/11

das 9h às 17h (com permanência até as 18hs)

Exposição Identidade Preta: 20 anos de Feira Preta

A partir de 26/11

das 9h às 17h (com permanência até as 18hs)

Especial SPerifas – Dias 26 e 27/11

Instituto SulAmérica apresenta: Programação de Abertura

DIA 26/11, SÁBADO

9h às 12h | Praia Literária [intervenção que ocupa espaços com muitas

brincadeiras de verão, piscina de bolinhas, bolinha de sabão, túnel e uma cesta

de livros pop-ups para divertir as crianças]

10h | Prática de Kemet Yoga [Jardim*, mediante retirada de senha]

11h Aulão de funk com Renata Prado [Jardim*, mediante retirada de senha]

12h às 17h | DJ Vivian Marques [Jardim]

14h | Exibição do filme Orí, seguido de debate com Oswaldo Faustino & Lenny

Blue [Auditório]

DIA 27/11, DOMINGO

9h às 12h | Praia Literária [intervenção que ocupa espaços com muitas

brincadeiras de verão, piscina de bolinhas, bolinha de sabão, túnel e uma cesta

de livros pop-ups para divertir as crianças]

11h | Aulão de funk com Renata Prado [Jardim*, mediante retirada de senha]

15h30 | Contação de Histórias para crianças e adultos, com Beatriz Barros

[Jardim]

17h | Prática de Kemet Yoga [Jardim*, mediante retirada de senha]

Mais informações sobre o evento podem ser encontradas no site oficial do Museu das Favelas, clicando aqui.

  • Redação

    A Alma Preta é uma agência de notícias e comunicação especializada na temática étnico-racial no Brasil.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano