Pesquisar
Close this search box.

Para comemorar um ano de obra literária, autoras fazem roda de samba

5 de julho de 2019

Em 2018, a escritora Carmen Faustino e as jornalistas Maitê Freitas e Patrícia Vaz lançaram a coleção Sambas Escritos

Texto / Lucas Veloso I Edição / Pedro Borges I Imagem / Divulgação

No próximo domingo, 7, em comemoração a um ano da coleção, as autoras reúnem amigos e sambistas para relembrar a importância da obra “Sambas Escritos”. A roda de samba contará com Luana Bayô, Raquel Tobias, Amigas do Samba, Tereza Gama, Samba de Dandara, Claudia Alexandre, Pri Zeferino e mais convidadas.

“Nessa celebração a nossa Massembas de Ialodes fará a roda junto com as convidadas, que são essenciais para a preservação da cultura em São Paulo. A gente quis celebrar para renovar os votos com o próprio projeto e com as pessoas que fazem o samba acontecer”, define a jornalista Maitê Freitas.

A publicação é uma coleção de quatro exemplares, e 84 autores convidados, sobre o samba e suas tecnologias de arte, cultura, memória e resistência. O principal objetivo foi enaltecer e visibilizar a presença e força da mulher, um dos principais legados do ritmo para o país.

“Além de sabermos do uso da coleção como fonte para pesquisas, circulação nas bibliotecas municipais, uma das coisas que a coleção trouxe foi a sua própria roda de samba e a possibilidade de experimentarmos formatos”, afirma Maitê.

“Vamos reunir mais de quinze cantoras, rodas de samba protagonizadas por mulheres no domingo para celebrar a vida, a arte e fazer o samba, que é encontro, diversidade e poesia. Vamos fazer tudo que o ritmo nos permite para ter fôlego para fazer novos sambas”, completa a jornalista.

Serviço:

A celebração será no Bar Samba
Rua Fradique Coutinho, 1007 |17h | Entrada Gratuita.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano