Pesquisar
Close this search box.

PerifaCon oferece oportunidade para quadrinistas periféricos publicarem suas obras

3 de junho de 2019

Além de publicar, com a iniciativa, a PerifaCon pretende incluir as obras no circuito nacional das HQ’s

Texto / Lucas Veloso I Foto / Rômulo Cabrera/Agência Mural

Pesquisa realizada na Universidade de Brasília (UnB), em 2017, apontou que as grandes editoras brasileiras publicam homens brancos, o mesmo perfil há 49 anos. Foram analisados livros nacionais lançados entre 1965 e 2014. Mais de 70% deles foram escritos por homens, sendo que 90% deles são brancos.

Para colaborar com a diversidade dentro da literatura, a Editora Mino, em parceria com a PerifaCon se juntaram para criar o projeto Narrativas Periféricas. A iniciativa vai editar, publicar e distribuir as histórias em quadrinhos de autores que vivem na periferia de São Paulo. Serão oito vagas, sendo que metade é voltada para quadrinistas negros.

“A ideia é importante, pois a gente vai conseguir pautar a produção nacional. O porquê as pessoas que escrevem são as mesmas: homens brancos”, defende Andreza Delgado, integrante da PerifaCon. ”Serão publicações que vão sair por uma editora importante. É mais que um discurso nosso, afinal, vamos publicar essas pessoas”, completa.

A seleção levará em conta morar na periferia de São Paulo e ter um projeto na fase inicial, que possa ser produzido em, no máximo, 40 páginas.

Depois de selecionadas, as histórias, serão acompanhadas pela editora-chefe da Mino, Janaína de Luna. Além disso, durante oito meses, haverá consultoria aos participantes, que inclui ferramentas para melhorar habilidades artísticas e noções de como funciona mercado de quadrinhos no país. No período, os participantes receberão uma ajuda de custo.

A fase final consiste na publicação das obras, na PerifaCon 2020.

Para participar, é necessário enviar o nome completo, endereço, renda familiar, um portfólio e o argumento da história em quadrinhos para o e-mail: [email protected]. As inscrições se encerram no dia 15 de Junho de 2019.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano