Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Representatividade: falta de bonecas negras é tema de debate gratuito em São Paulo-SP

17 de abril de 2018

Apresentação de curta-metragem sobre o tema será seguida de bate-papo com a diretora e outras convidadas no dia 19 de abril, na Unibes Cultural, a partir das 20 horas

Texto / Reprodução
Imagem / Reprodução

Os problemas da ausência de bonecas negras no mercado brasileiro de brinquedos, da falta de representatividade e da interiorização de preconceitos na infância serão debatidos no próximo dia 19, às 20h, na Unibes Cultural, em São Paulo, com a exibição aberta e gratuita do documentário “Parece Comigo”. O filme, dirigido por Kelly Cristina Spinelli, aborda todas essas questões, e retrata o trabalho das bonequeiras que se mobilizam para mudar esse cenário por meio de seu artesanato consciente, enfrentando a gigante indústria de brinquedos.

Depois da exibição, haverá um bate-papo com a diretora e outras convidadas: Lúcia Makena, arte-educadora e especialista em produção de bonecas de pano Abayomi, e as gêmeas  Tasha e Tracie, criadoras do blog/movimento Expensive $hit – por meio do qual promovem o empoderamento de mulheres negras que vivem nas periferias. A exibição faz parte da série de Sessões Videocamp – promovidas pela plataforma online Videocamp, que viabiliza que qualquer pessoa organize sessões de cinema gratuitas a partir de um catálogo de filmes de impacto.

Lançado em 2016, o documentário foi premiado pelo X Concurso Rucker Vieira, da Fundaj (Fundação Joaquim Nabuco), e inclui entrevistas de artesãs de bonecas negras, uma psicóloga social, e rappers negras, entre elas, a MC Soffia, que abordam a questão da representatividade e da interiorização de preconceitos na infância.

Para garantir a sua participação, é necessário se inscrever na página do evento.

Serviço:

Sessão Videocamp “Parece Comigo”

Data: 19 de abril (5ª-feira), às 20h

Local: Unibes Cultural

Endereço: Rua Oscar Freire, 2500Sumaré / São Paulo

Sobre o Instituto Alana

O Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

Sobre o Videocamp

O Videocamp é uma plataforma online e gratuita que possibilita que produções de cinema que buscam impacto e transformação alcancem o maior número possível de pessoas. Ao oferecer ao público um catálogo variado de filmes que buscam causar impacto e transformar, o Videocamp democratiza o acesso à cultura e à informação, por meio de exibições públicas e gratuitas que podem ser realizadas por qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. Para os realizadores, o Videocamp potencializa a formação de público e atua como ferramenta de promoção dentro da estratégia de lançamento de filmes.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 152

EP 151

Cotidiano