Pesquisar
Close this search box.

Alma Preta tem 2 jornalistas entre os finalistas de prêmio voltado à imprensa negra

Além dos profissionais, a Alma Preta Jornalismo também é finalista na categoria 'Veículos liderados por jornalistas negros(as); vencedores serão homenageados em cerimônia marcada para o dia 13 de novembro

Texto: Giovanne Ramos | Imagem: Alma Preta Jornalismo

Na imagem, uma mão negra abrindo o manual de redação antirracista da Alma Preta Jornalismo, uma das finalistas de uma premiação voltada à imprensa negra

21 de setembro de 2023

O “Prêmio +Admirados Jornalistas Negros e Negras” abriu nesta quinta-feira (21) as votações em segundo turno para eleger os mais admirados jornalistas negros e negras da imprensa do país e veículos que se dedicam à cobertura de pautas raciais e à causa da luta antirracista. A votação está aberta e segue até o dia 5 de outubro.

A iniciativa, realizada pelo portal Jornalistas&Cia, em parceria com 1 Papo Reto, Neo Mondo e Rede JP, conta com o patrocínio da Unilever, apoio da Unibes Cultural e apoio Institucional da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), da Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira), da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Rede Mar.

Essa é a primeira edição da premiação, com 133 jornalistas classificados para a fase final, sendo 118 de redação e 15 de imagem, e 41 veículos, separados em cobertura geral e plataformas comandadas por profissionais negros e negras.

Dois profissionais da Alma Preta Jornalismo foram indicados na categoria ‘Jornalistas’; Pedro Borges, editor-chefe; e Nataly Simões, editora de redação. A agência também foi indicada em ‘Veículos liderados por jornalistas negros(as)’. Os eleitores poderão indicar os profissionais e veículos de sua preferência, do 1º ao 5º lugar.

A partir das somatórias de pontos, serão definidos os homenageados na cerimônia de premiação, marcada para o dia 13 de novembro, às vésperas do Dia da Consciência Negra, no Unibes Cultural, em São Paulo. 

Durante a cerimônia, além dos reconhecimentos aos Top 50 jornalistas e aos mais votados nas demais categorias, serão anunciadas três homenagens especiais: “Decano do Jornalismo – Troféu Luiz Gama”, “Revelação do Ano – Troféu Tim Lopes” e “Personalidade do Ano – Troféu Glória Maria“.

O objetivo da premiação, segundo os organizadores, é reconhecer os profissionais e os veículos que se destacam na atividade jornalística e na luta antirracista. Além disso, contribuir para fomentar maior diversidade nas redações e, em consequência, nas pautas e fontes presentes no dia a dia da atividade editorial.

Consulte aqui o regulamento do prêmio.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano