Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Bernadete Souza surge como intenção de voto para o governo da Bahia em 2022

Yalorixá e dirigente do PSOL na Bahia, Bernadete é a única mulher e negra que disputa a vaga do Governo com três homens brancos; Segundo pesquisa, ela tem 3% da intenção de votos 

Texto: Dindara Ribeiro | Edição: Lenne Ferreira | Foto: Divulgação/Instagram

BERNADETE-site

30 de novembro de 2021

O nome da yalorixá Bernadete Souza tem conquistado atenção do eleitorado da Bahia para o pleito de 2022. Isso porque uma pesquisa realizada pelo Instituto RealTime Big Data, divulgado pelo programa Bahia no Ar, da Record Salvador, mostra que a dirigente do PSOL na Bahia tem 3% da intenção de votos para as eleições do Governo do próximo ano.

Bernadete Souza teve o nome lançado em julho deste ano pela co-vereadora Laina Crisóstomo, da mandata coletiva Pretas por Salvador (PSOL-BA), no entanto, o nome dela ainda não foi confirmado para o pleito. Bernadete é a única mulher e negra que disputa a vaga do Governo da Bahia com três homens brancos: o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM); o ex-governador da Bahia e senador, Jaques Wagner (PT); e o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos).

Em um cenário geral, ACM Neto dispara na liderança, com 43% da intenção de votos; seguido por Wagner (30%), João Roma (9%) e Bernadete Souza (3%). Em um segundo cenário, sem a candidatura de João Roma, Bernadete aparece em terceiro lugar, atrás de Wagner e ACM Neto.

Na pesquisa induzida, a candidatura independente de ACM Neto somou 36% da intenção de votos. A candidatura de Jaques Wagner, com apoio do ex-presidente Lula, teve 34%; a candidatura de João Roma, com apoio do presidente Jair Bolsonaro, com 13%; e a candidatura de Bernadete Souza, com apoio do coordenador do MTST e ex-candidato à presidência em 2018, Guilherme Boulos, somou 3% das intenções.

Nas redes sociais, Bernadete, que é letróloga, educadora e assentada da reforma agrária, disse que pretende representar a cara da Bahia em 2022.

“Sou feminista negra, assentada da reforma agrária, yalorixá, fui candidata a co Senado em 2018, candidata a prefeita de Ilhéus em 2020, sou mulher que não fujo a luta! Quero, posso e vou representar a nova cara do Psol-Ba, a nova forma de fazer política. Num estado com população de 51% de mulheres e 81% de população negra, nas pesquisas somos a única pré candidatura que tem a cara diversa do nosso Estado”, descreveu a dirigente sobre o resultado da pesquisa.

Em entrevista exclusiva à Alma Preta, em julho deste ano, Bernadete pontuou as principais frentes que defende e que deseja priorizar. “A nossa prioridade é a inversão dos recursos públicos que são aplicados nessa construção política/histórica onde as pessoas, principalmente as pessoas negras, do campo e periféricas, sempre estão à margem dessa sociedade e excluída dos recursos públicos”, disse à Alma Preta.

  • Dindara Paz

    Baiana, jornalista e graduanda no bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade (UFBA). Me interesso por temáticas raciais, de gênero, justiça, comportamento e curiosidades. Curto séries documentais, livros de 'true crime' e música.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano