Pesquisar
Close this search box.

Com mortes frequentes em periferias, atuação policial na Bahia preocupa Ministério da Justiça

Ao menos 46 mortes foram registradas em intervenções  da  Polícia Militar baiana no mês de setembro

Texto: Mariane Barbosa | Foto: Haeckel Dias/Ascom/PCB

Imagem mostra alguns agentes militares armados caminhando por uma comunidade periférica durante operação.

25 de setembro de 2023

Uma operação da Polícia Militar da Bahia resultou em cinco mortes na madrugada do sábado (23). Segundo a instituição, a operação na cidade de Crisópolis, localizada a cerca de 212 km de Salvador, visava o combate ao tráfico de drogas.

No dia 22 de setembro, outras cinco pessoas também foram mortas durante ação de  policiais militares em Águas Claras, bairro de Salvador, e um suspeito foi morto em Feira de Santana, a 100 km da capital baiana.

Com um vasto histórico de mortes violentas, ao menos 46 óbitos foram registrados na Bahia durante operações da Polícia Militar em setembro. A proporção é de quase duas mortes por dia no estado. A grande maioria das tragédias ocorreu em intervenções  em bairros periféricos como Alto das Pombas, Calabar, Valéria e Águas Claras.

Em resposta às ações, o ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Flávio Dino, declarou durante coletiva de imprensa após cerimônia que homenageou o Padre Júlio Lancellotti, neste domingo (24), em São Paulo, que o cenário de segurança pública na Bahia tem sido um dos maiores desafios que o Brasil enfrenta atualmente. Para combatê-lo, o ministério está em diálogo com o governo da Bahia para aprimorar as operações.

“É um quadro muito desafiador, muito difícil. O que nós, do governo federal, fizemos neste momento, foi fortalecer a presença da Polícia Federal para apoiar essas ações. Sobretudo, visando a pacificação. Infelizmente as organizações criminosas se fortaleceram muito nos últimos anos, aumentaram o acesso às armas em todo o Brasil, por conta de uma política errada que havia no nosso país”, disse.
O estado da Bahia liderou o ranking de mortes violentas no país em 2022. Ao todo, foram 6.659 assassinatos, segundo relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Deste total, 1.464 mortes aconteceram em confrontos policiais.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano