Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Copa do Mundo de Futebol Feminino pode ser disputada no Brasil

Entre os países que podem sediar o mundial de 2027 estão Bélgica, Holanda e Alemanha que formam uma candidatura conjunta; o resultado será anunciado dia 17
A imagem mostra jogadoras da seleção feminina de futebol, lideradas por Formiga, que será a representante da delegação durante o evento de anúncio do país sede da próxima Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Foto: Thais Magalhães/CBF

13 de maio de 2024

 Forte candidato para sediar a décima edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino, o Brasil obteve a melhor nota na avaliação dos técnicos da FIFA que decidem sobre a escolha do país-sede no mundial. A disputa é com a candidatura conjunta de Bélgica, Holanda e Alemanha. O resultado será divulgado no dia 17 de maio em Bangcoc, na Tailândia.

Essa será a primeira vez que a decisão será feira por meio de uma votação aberta no Congresso da FIFA. Ao todo 211 presidentes de federações associadas à instituição devem votar. No Relatório de Avaliação de Candidaturas, o Brasil obteve nota quatro, em uma escala de um a cinco. O grupo europeu obteve nota 3,7.

Durante o evento que vai relevar o país-sede do mundial, representantes das duas candidaturas terão 15 minutos para apresentar a proposta aos eleitores, na qual a ex-jogadora Formiga estará à frente da delegação ao lado de Aline Pellegrino.

No projeto de candidatura, dez cidades foram selecionadas para abrigar os jogos da Copa do Mundo: Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Manaus, Cuiabá, Brasília e Fortaleza. Caso o Brasil seja escolhido, a competição acontecerá entre os dias 24 de junho e 25 de julho, com abertura e final realizadas no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A edição da copa deve reunir 32 seleções. A atual campeã é a Espanha, que venceu o torneio em 2023, na Austrália e na Nova Zelândia. As espanholas, assim como a seleção dos Estados Unidos, venceram quatro copas. Logo depois vem a Alemanha, campeã duas vezes, além de Japão e Noruega, com um título cada.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano