Pesquisar
Close this search box.

Disque 100 recebeu 60 denúncias por dia de estupro de vulnerável em 5 meses

Os números equivalem ao período de 1º de janeiro a 13 de maio
A imagem mostra uma menina atrás de uma porta.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

21 de maio de 2024

Estatísticas do serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100) mostram que o Brasil registrou, entre janeiro e a segunda semana de maio, mais de 7,8 mil denúncias de estupro de vulnerável, um número equivalente a cerca de 60 casos por dia ou dois registros por hora. 

O estupro de vulnerável é caracterizado pela falta de discernimento da vítima, seja por condições de enfermidades, deficiências, idade, ou qualquer outro motivo que não haja defesa. 

Dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicado em 2023 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), apontam que um em cada quatro estupros foram contra pessoas incapazes de consentir, seja pela idade ou por condições físicas ou mentais. 

O estudo contabiliza ainda que, em 2022, 56,8% das vítimas de estupro (adultos e vulneráveis) eram pretas ou pardas; 42,3% das vítimas eram brancas; 0,5% indígenas; e 0,4% amarelas.

De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apenas 8,5% dos estupros no país são denunciados para a polícia. O instituto estima que ocorram 822 mil casos anuais.

O texto contém informações da Agência Brasil.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano