Pesquisar
Close this search box.

Em São Paulo, tendas vão abrigar pessoas em situação de rua durante onda de frio

Tendas de acolhimento e reforço na abordagem social visam proteger pessoas vulneráveis durante período de baixas temperaturas
População vulnerável em situação de rua durante período de frio intenso.

Foto: Agência Brasil

27 de maio de 2024

A Prefeitura de São Paulo implementou tendas em cinco regiões da cidade para atender a população em situação de rua diante da onda de frio. Os espaços funcionarão das 18h à meia-noite, oferecendo sopas, pão, chocolate quente, chá e água, além da distribuição de cobertores e encaminhamento para a rede de assistência.

Segundo a gestão municipal, serão disponibilizadas 1,2 mil vagas emergenciais de acolhimento nas unidades públicas para pernoite. Um contingente adicional de 191 profissionais deve reforçar o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), somando-se aos 590 que já atuam na busca ativa de pessoas em situação vulnerável nas madrugadas.

Por meio do número telefônico 156, a população pode solicitar a abordagem social para pessoas em situação de rua que necessitem de acolhimento. O pedido pode ser feito anonimamente, basta indicar um endereço aproximado e características da pessoa exposta ao frio.

Impactos da onda de frio na saúde

Um estudo liderado por médicos da Harvard Medical School, nos Estados Unidos, revelou que as baixas temperaturas afetam a ação do sistema imunológico nas vias aéreas superiores, prejudicando a resposta imunológica antiviral. Isso ocorre devido à necessidade de uma temperatura ideal para as reações químicas envolvidas no processo.

A variação brusca de temperatura pode afetar o organismo, conforme pesquisa coordenada pela Universidade de Queensland, na Austrália. Tal instabilidade aumenta o risco de problemas de saúde, como eventos cardiovasculares e respiratórios, por causa da resposta ineficiente do sistema de termorregulação humano diante de mudanças abruptas de temperatura.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano