Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Estádio do Atlético de Madrid será parcialmente fechado após caso de racismo

O clube espanhol ainda foi multado em R$ 109 mil por insultos racistas contra o jogador Nico Williams, do Athletic Bilbao
O atacante espanhol do Athletic Bilbao, Nico Williams, mostra a cor de sua pele ao comemorar o primeiro gol de seu time após insultos racistas durante a partida de futebol da liga espanhola entre o Club Atlético de Madrid e o Athletic Club Bilbao, no estádio Metropolitano, em Madrid, em 27 de abril de 2024.

Foto: Oscar Del Pozo/AFP

1 de maio de 2024

O Comitê de Competições da Real Federação de Futebol da Espanha (RFEF) determinou o fechamento parcial do estádio Metropolitano, do Atlético de Madrid, como parte da punição pelo recente episódio de racismo envolvendo Nico Williams, atacante do Athletic Bilbao, durante o jogo do último sábado (27) pelo Campeonato Espanhol.

Consequentemente, nos jogos contra Celta de Vigo (35ª rodada) e Osasuna (37ª rodada), o Atlético de Madrid não poderá contar com parte de sua torcida presente no estádio. Além disso, o clube espanhol recebeu uma multa de 20 mil euros (equivalente a R$ 109,6 mil). O Atlético tem um prazo de até 10 dias para recorrer da decisão do Comitê de Competições da RFEF.

O incidente ocorreu aos 36 minutos do primeiro tempo, quando Nico Williams se preparava para cobrar um escanteio e foi alvo de atos racistas vindos das arquibancadas do lado sul do estádio. O árbitro Martínez Munuera registrou na ata do jogo que “foi ouvido um som imitando macaco”. Tais insultos foram testemunhados pelo árbitro assistente, bem como pelos próprios Nico e seu irmão Iñaki, ambos jogadores do Athletic Bilbao, que indicaram ao árbitro a origem dos gritos racistas.

O jogo foi temporariamente interrompido até que a administração do estádio solicitasse, por meio do sistema de som, que os torcedores cessassem com os “cânticos provocativos“.


A La Liga denunciou na segunda-feira (29), junto às autoridades encarregadas de lidar com casos de ódio em Madri, os cânticos racistas ocorridos durante a partida entre Atlético de Madrid e Athletic Bilbao. A polícia, de acordo com informações da imprensa espanhola, teria identificado um indivíduo ligado às ofensas racistas.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano