Pesquisar
Close this search box.

Estudantes negros se reúnem com a SEPPIR

Universitários organizam encontro nacional e contam com o Governo Federal para superar o racismo institucional. SEPPIR destaca a importância de um evento autônomo de estudantes pretos

16 de julho de 2015

Texto: Pedro Borges

A Executiva Nacional do Encontro de Estudantes e Coletivos Universitários Negros, EECUN, se reuniu em Brasília nesta última quarta-feira, 15 de julho, com a Secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, SEPPIR, com o intuito de discutir parcerias para a realização do Encontro. Estavam presentes os estudantes Pedro Borges (Coletivo Negro Kimpa), Mirt’s Sants (Coletivo Negrada), Miriam Alves (Coletivo Negro da UFMG), além dos representantes da SEPPIR, Larissa Borges (Diretora de Programa), Luiz Barcelos (Gerente de Projetos) e Douglas Santos (Assessor Técnico).

A Executiva Nacional apresentou à SEPPIR as dificuldades enfrentadas até o momento para a realização do evento. Como já fora exposto em reportagem do Alma Preta, os estudantes têm sofrido do racismo institucional imposto pela UFSCar. Enquanto outras atividades receberam o apoio da universidade, ao EECUN tem sido negado alojamento e alimentação.

A SEPPIR se colocou a disposição para ajudar no diálogo com as reitorias para que o evento venha a acontecer. A Secretaria apresentou também as suas limitações financeiras, mas se ofereceu a contribuir na realização do evento por meio de parcerias. Larissa expôs como os recursos para o ano de 2015 estão escassos, pois o governo vive numa conjuntura de corte de verbas.  Ela salientou, porém, que para alcançar qualquer investimento, o EECUN  precisa de um projeto consistente.

Deste modo, Luiz Barcelos indicou a possibilidade de uma aproximação com outros ministérios afim de buscar mais recursos, entre eles o da Educação e do Desenvolvimento Social. Douglas Costa propôs também a parceria com outras instituições estudantis como apoio estratégico para o momento, desde que a Executiva Nacional não perca a sua autonomia.

Como forma de contribuição imediata, Larissa solicitou uma reunião com Nilma Lino Gomes para que a Ministra fique ciente da situação, afinal, Larissa enxerga o Encontro como de extrema importância.

O apoio da SEPPIR é fundamental para a realização do EECUN, evento negro e autônomo cujos objetivos são pautar a questão étnico/racial de modo contundente dentro do espaço universitário e promover o protagonismo do povo preto na luta pela superação do racismo.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano