Pesquisar
Close this search box.

Fela Kuti: dos palcos às livrarias

29 de agosto de 2018

A voz mais forte anti-poder africana é inspiração para o livro de Rosa Couto, que será lançado no dia 29 de Agosto

Texto / Aline Bernandes
Imagem / Divulgação

O nome de batismo era Olufela Olusegun Oludotun Ransome-Kuti, mas para seus admiradores, amigos e inimigos era apenas Fela Kuti. Definido por críticos como o maior nome da música africana, transgressor e excêntrico, o artista ganha mais um livro para refletir a sua importância.

O lançamento de “Fela Kuti: contracultura e (con)tradição na música popular africana”, de Rosa Aparecida de Couto Silva acontecerá nessa quarta-feira (29). A pequena Livraria Alameda Casa Editorial será o palco que contará a história do multi-instumentalista, músico e compositor nigeriano.

A década de 60 foi um período de intensas manifestações por direitos. A luta pelos direitos civis realizada pelos negros norte-americanos, por exemplo, é uma das faces desse movimento.

Fela Kuti, então, cria um estilo musical chamado Afrobeat que floresce em meados dos anos 70. A obra desse artista é abordada nesse livro através de suas contradições internas que surgem para compreender as questões de sua época e a maneira que ele compreendida o papel da cultura africana no mundo.

As canções de Fela Kuti desafiavam convenções sociais, religiosas, políticas governativas e o pensamento colonialista.

“A África que encontra é, ao mesmo tempo, pré-moderna, moderna e pós-colonial:
as sonoridades africanas, o blues, o jazz, a música erudita, a contracultura, a revolução comportamental, o Black Power, Xangô e Malcolm X, Ogun e Martin Luther King”, diz a autora Rosa Couto.

O livro traz uma reflexão sobre as razões que informariam, nos dias atuais, a ausência da África nos noticiários. “Faz, finalmente, pensar que deveríamos sempre, de algum jeito retornar à África, em percursos semelhantes aos seguidos por Rosa Couto, em busca de saber um pouco mais de nós”, conclui Márcia Tosta Dias, doutora em Ciência Política (USP).

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano