Pesquisar
Close this search box.

‘Mulheres Negras no Poder’: ciclo gratuito de palestras promove participação da mulher negra na política

Evento é realizado pelo Movimento Mulheres Negras Decidem (MND) e pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) de forma on-line e presencial; veja como se inscrever
Manifestantes, entre elas as deputadas federais Erika Hilton (PSOL-SP), Talíria Petrone (PSOL-RJ), Dandara (PT-MG) e a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, realizam ato simbólico em prol da renovação da Lei de Cotas no Senado Federal, em Brasília, 9 de agosto de 2023

Foto: Reprodução

31 de maio de 2024

Entre a segunda-feira (3) e a sexta-feira (7), o Movimento Mulheres Negras Decidem (MND), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), realiza o ciclo de palestras “Mulheres Negras no Poder”. O ciclo é promovido pela Comissão de Promoção da Igualdade, Diversidade e Não Discriminação (Iguais) do TRE-RJ.

As atividades serão realizadas de forma híbrida — presencial e on-line, no canal do MND — e serão voltadas para potenciais candidatas negras e suas apoiadoras, visando incentivar a participação de mulheres negras nos espaços da política institucional. A atividade presencial será realizada no plenário do TRE-RJ, na Avenida Presidente Wilson, 198, sobreloja, no Centro do Rio de Janeiro.

Entre os temas abordados nas palestras estão: registro de candidatura, fiscalização da propaganda, financiamento de campanha, prestação de contas eleitorais, uso da inteligência artificial no contexto eleitoral e violência política de gênero.

Para Tainah Pereira, Coordenadora Política do MND, esta parceria representa um passo significativo em direção à garantia da paridade de gênero com equidade racial no processo democrático.

“Estamos em ano eleitoral e atividades de formação política voltadas para mulheres negras são essenciais para que tenhamos uma disputa mais justa. O MND já faz isso de maneira autônoma, mas ter a colaboração do TRE-RJ neste momento aponta compromisso dos órgãos eleitorais locais com a democracia brasileira. Esta ação é inspirada na parceria da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco com o TRE-PE, via Escola Judiciária Eleitoral. Esperamos poder ampliar esse contato com outros TREs em ciclos eleitorais futuros”, disse Pereira em nota à imprensa.

Em 2023, o MND teve participação importante na campanha que exigia do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a indicação de uma mulher negra ao Supremo Tribunal (STF). À época, o movimento formulou uma lista tríplice de possíveis juristas negras que poderiam ocupar o cargo. Apesar de o indicado à cadeira no Supremo não ter sido uma mulher negra, a campanha teve ampla repercussão e tornou-se um marco histórico.

Para participar, inscreva-se via formulário neste link.

Veja a programação completa:

Segunda-feira, 03/06

10h30 – Abertura (Comissão Iguais e Ouvidoria da Mulher do TRE-RJ)

11h às 13h – Desinformação na política e saúde: Perspectiva de gênero e raça (Pesquisadores da UFF) 

13h às 13h30 – Enfrentamento à desinformação: Como denunciar, como identificar a desinformação: o que o cidadão pode fazer? (Stéfano Salles, coordenador de Social do TRE-RJ) 

Terça-feira, 04/06

13h às 15h – Registro de candidaturas (Sonia Cristina Amaro da Cunha de Sousa, analista Judiciária do TRE-RJ) 

15h30 às 17h30 – Fiscalização de Propaganda (Lisia Alves Baganha, analista judiciária do TRE-RJ) 

Quarta-feira, 05/06

13h às 15h – Cuidados Digitais, LGPD e uso da Inteligência Artificial no contexto eleitoral (Nina da Hora, fundadora do Instituto da Hora) 

15h (on-line) – Desafios da participação de grupos minorizados na política, com enfoque em raça e gênero (SComunicação abrina de Paula Braga, analista judiciária do TRE-MG e doutoranda e mestra em Direito Político pela Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG) 

Quinta-feira, 06/06 

14h às 17h – Financiamento de campanha eleitoral e prestação de contas: laranjas, limões e abacaxis!!! (Elídio Junior, servidor do TCM-RJ e ex-servidor do TRE-RJ) 

Sexta-feira, 07/06 

17h às 19h – Prevenção e enfrentamento da violência política de gênero e raça (Fabiana Pinto, Mulheres Negras Decidem e Taúa Pires, Instituto Alziras) 

19h – Encerramento (Comissão Iguais)

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano