Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mundial de revezamento terá 23 atletas brasileiros e pode ampliar delegação em Paris

Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, o mundial de atletismo vai classificar 14 equipes; a competição acontece no fim de semana (4 e 5)
A imagem mostra quatro dos 23 velocistas que estarão no mundial de revezamento nas Bahamas.

Foto: Wander Roberto/COB

3 de maio de 2024

O Mundial de Revezamento, que acontecerá em Nassau, nas Bahamas, no fim de semana (4 e 5) pode classificar mais atletas brasileiros para os Jogos Olímpicos de Paris. A competição conta com 1.600 atletas, sendo 23 velocistas brasileiros, entre homens e mulheres, e terá transmissão no site da Federação Internacional de Atletismo (World Athletics). 

Na competição, a delegação brasileira tem história. Em 2019, no revezamento 4x100m masculino, os atletas conquistaram o ouro inédito, dois anos depois a prata no 4×400 misto. Durante os Jogos Pan-Americanos de Santiago, tanto nos 4×100, quanto nos 4x400m, a equipe garantiu mais uma vez o topo do pódio. As provas de revezamento já asseguram quatro medalhas olímpicas para o Brasil nos 4x100m: uma prata e dois bronzes no masculino, além de um bronze no feminino.

O quarteto masculino 4×100 terá dois medalhistas de ouro no Mundial de 2019 — Rodrigo Nascimento e Paulo Camilo André — jovens talentos como Felipe Bardi e Renan Gallina. Os dois, ao lado de Eric Cardoso e Gabriel García — também convocados — foram a equipe campeã no Pan de Santiago no 4×100. Outros destaques na delegação são Mateus Lima — que já obteve o índice olímpico nos 400m rasos e nos 400m com barreiras — e Lucas Conceição (ouro nos 400m no Pan de Santiago). Já o campeão mundial Alison dos Santos, o Piu, especialista 400m com barreiras, não competirá, pois está se recuperando de uma lesão. 

Na equipe feminina, o Brasil terá três das quatro medalhistas de bronze no Pan de Santiago: Anny de Bassi, Letícia Nonato e Jayni Barreto. As demais convocadas são: Letícia Maria Nonato, Maria Victória Belo de Sena, Tábata Vitorino de Carvalho, Ana Carolina Azevedo, Gabriela Aline Grunow, Gabriela Silva Mourão, Lorraine Barbosa Martins e Vitória Rosa. 

O mundial nas Bahamas, classifica 14 equipes para os Jogos de Paris, em cada revezamento. No sábado (4), primeiro dia de competição, serão 32 equipes, divididas em quatro séries. Apenas as duas primeiras colocadas em cada bateria garantem a vaga olímpica e avançam às finais do Mundial. No domingo (5), as equipes restantes disputarão a rodada de repescagem. Os dois primeiros colocados de cada bateria vão a Paris (total de seis equipes).

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano