Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

‘Tupac Shakur: A biografia autorizada’ percorre vida pessoal e legado da lenda do rap

A biografia oficial de Tupac, um dos mais emblemáticos nomes do cenário mundial do rap, apresenta aos fãs um íntimo retrato do cantor e compositor, morto aos 25 anos
Imagem mostra Tupac, rapper negro, com o cabelo raspado e bandana dobrada na cabeça.

Foto: Reprodução

29 de dezembro de 2023

A primeira e única biografia autorizada pela família do rapper Tupac Shakur (1971-1996) foi lançada no Brasil no fim deste ano. Em “Tupac Shakur: A biografia autorizada” (Editora BestSeller), a autora Staci Robinson oferece uma leitura emocionante e profundamente pessoal sobre os acontecimentos que marcaram a breve e incrível vida do artista e o legado que ele deixou no mundo.

A obra revela a poderosa história de um jovem cuja vida foi definida pela política e a arte, um gênio movido igualmente por coragem e impulsividade, que muito cedo entendeu seu propósito como músico e transformou sua arte em ativismo.

Foi a pedido de Afeni, mãe do músico, que Robinson começou, em 1999 a criar uma linha do tempo da vida de Tupac, do nascimento até a morte. Foram diversas entrevistas com a mãe, familiares e amigos do rapper.

Depois de oitos meses Robinson tinha o manuscrito da biografia pronta, mas ao entregar foi informada de que o projeto seria adiado. Após 24 anos da primeira linha dessa história escrita e 27 anos de sua trágica morte, a biografia inédita de um dos maiores nomes do rap foi lançada.

Tupac foi motivado desde a infância pela mãe – que foi uma ativista política, fez parte do Partido dos Panteras Negras e lutou bravamente em muitos momentos de sua vida. Afeni sempre teve como um grande propósito manter uma boa educação na criação de Tupac.

“Minha mãe estava grávida de mim enquanto esteve presa”, Tupac explicaria anos depois. “Ela foi a própria advogada. Nunca fez faculdade de direito. A pena seria de uns trezentos anos. Uma mulher negra, grávida, venceu o caso. Isso mostra a força de uma mulher negra e a força dos oprimidos”, diz trecho do livro.

Formada em História pela Universidade da California, a autora da obra conhecia Tupac a partir do seu círculo de amigos do Ensino Médio, é profunda conhecedora da carreira e vida pessoal do rapper. Na biografia, Robinson aborda a relação de amor entre mãe e filho, o sucesso vertiginoso de Tupac, as consequências devastadoras da fama e a mensagem atemporal que Tupac deixou no mundo com sua música.

A autora

Staci Robinson é escritora e roteirista. Seus projetos e colaborações incluem a coletânea “Tupac Remembered: Bearing Witness to a Life and Legacy”, o romance “Interceptions”, o filme “Vencendo o passado” e o documentário “Dear Mama: The Saga of Afeni and Tupac Shakur”. Robinson é graduada em história e mora com a família na Califórnia (EUA).

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano