Pesquisar
Close this search box.

Coletânea ‘’Querem nos calar’’ reúne a poesia falada pela ótica de mulheres

24 de maio de 2019

Lançamento é da Editora Planeta e organizado pela poeta Mel Duarte

Texto / Redação | Imagem / Divulgação | Edição / Simone Freire

Querem nos calar – Poemas para serem lidos em voz” alta é o novo lançamento da Editora Planeta. A publicação traz à tona o poder das palavras de 15 mulheres de diferentes localidades do país e realidades. São mulheres pretas, brancas, periféricas, representantes do movimento LGBT, artistas de rua e feministas.

O livro é organizado pela escritora e poeta Mel Duarte, integrante do coletivo Slam das Minas SP, e conta com ilustrações da artista Lela Brandão.

Focada na poesia falada, a coletânea é fruto dos slams, batalhas de poesia nas quais as poetas se apresentam e recebem avaliação de jurados da plateia. O estilo foi idealizado na década de 1980, em Chicago (EUA), e chegou ao Brasil pelas mãos de da poeta Roberta Estrela D’Alva, em 2008.

“Como apresentar um texto em que a leitura me seduz e aprofunda o meu desejo de escrever um rap? Portanto, não componho aqui uma apresentação da antologia Querem nos calar: poemas para serem lidos em voz alta, mas uma tentativa de falar junto com as autoras dos poemas. Ao compor este texto, me coloco apenas como uma leitora que encontra, nas vozes desta coletânea, um lugar em que as falas de outras mulheres, assim como a minha, se compactuam, se encontram no que está dito, no que está escrito”, afirma Conceição Evaristo, no prefácio.

Fazem parte da coletânea as autoras Mel Duarte, Anna Suav, Bell Puã, Bor Blue, Cristal Rocha, Dall Farra, Danielle Almeida, Laura Conceição, Letícia Brito, Luiza Romão, Luz Ribeiro, Mariana Felix, Meimei Bastos, Negafya, Roberta Estrela D’Alva e Ryane Leão.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano