Pesquisar
Close this search box.

Fela Kuti é homenageado na zona norte de São Paulo

21 de outubro de 2016

Texto: Pedro Borges / Edição de imagem: Pedro Borges

Todas atividades são gratuitas

No dia 22 de Outubro, sábado, o grupo Diáspora 70 organiza o Fela Day na Quebrada. O evento começa às 16h na Quilombaque, na Travessa Cambaratuba, Perus, e é uma homenagem ao ícone da música, Fela Kuti.

Durante todo o sábado, diversas atrações chamam a atenção do público. Além da discotecagem e da feira de afroempreendedorismo, o encontro conta com o lançamento do livro “Assata Shakur: escritos” e a apresentação teatral “ Olha Oyá” do grupo Emboa Companhia. O poeta Akins Kinté é também presença confirmada.

O Diáspora 70 existe para pesquisar e disseminar a música moderna africana e de sua diáspora. O objetivo dos organizadores é tornar o Fela Day uma atividade anual e propiciar o debate político e cultural. “Não há como também deixar de pensar no conteúdo das letras das músicas de Fela Kuti, que estavam a todo instante denunciando os desarranjos nas organizações tradicionais africana causadas pelo processo de colonização da Europa. Fela Kuti transpassou ao universo da música, ao traduzir em ações práticas, muito do que ele expressava em suas músicas”, explica Whellder Guelewar, um dos organizadores da atividade.

FelaKuti

Mais do que isso, Whelder destaca a importância de mais eventos como esse acontecerem nas periferias das grandes cidades. “O Fela Day em si é uma celebração já anual e que ocorre ao redor de todo o mundo. Não criamos o Fela Day em si, mas o colocamos para a Kebrada, dando este caráter territorial, das relações sociais e étnico-raciais que advém deste espaço que está bem presente na cidade de São Paulo”.

Veja todas as atrações:

* Exposição Fela Long Play – curadoria Tata Quilombaque

* Discotecagem com DJ Clevinho e Whellder Guelewar vindo com Fela Kuti e demais afrosounds:

* Vanessa Soares compartilhando suas experiência na Nigéria e agitando nossos corpos com sua dança:

* NegosQuilocos , Denna Hilll e Mandingas trazendo o som que é o produto de nossa diáspora cotidiana:

* Baye Fall Africa Rythms com a musicalidade de Senegal

* Gilza Marques, Reaja Organização Política, com o lançamento do livro “Assata Shakur: escritos’ “

* AkinsKintê com Muzimba – Na Humildade sem Maldade

* Emboa Companhia de Teatro com a peça “Olha Oyá”

* Feira de afroempreendedorismo e comida com Free Soul Food

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano