Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Museu da Cultura Hip-Hop RS abre inscrições para projetos de todo o Brasil

Os interessados devem se inscrever por meio das redes oficiais do museu até o dia 30 de abril
Imagem mostra um monitor do Museu do Hip Hop cercado por pessoas durante apresentação do espaço.

Foto: Divulgação / Museu do Hip Hop

21 de abril de 2024

Sediado no Rio Grande do Sul, o Museu da Cultura Hip-Hop RS está com inscrições abertas para o “Programa Vem Pro Museu”. Além de contemplar cinco editais destinados a projetos gaúchos, a iniciativa inclui um formulário para abranger propostas de atividades nacionais.

Para participar da primeira chamada, os interessados devem se inscrever por meio das redes oficiais do museu até o dia 30 de abril. O resultado será divulgado dia 6 de maio.

A ideia é que a curadoria do primeiro acervo dedicado à expressão na América Latina seja abastecida por projetos que não se encaixam nas normas dos editais durante todo o ano. Para isso, a iniciativa vai receber projetos de artistas, coletivos e instituições ligadas à cultura Hip-Hop, esporte e educação.

“O Museu é um espaço democrático e aberto. E o Hip-Hop nacional é uma ferramenta de transformação social muito forte. Temos certeza de que projetos incríveis estão espalhados por todo o Brasil. E para que essas ideias cheguem até nós, uma via precisava ser estabelecida”, explica Rafa Rafuagi, coordenador de autogestão e sustentabilidade do museu.

Os projetos inscritos serão analisados por uma curadoria composta por representantes de cada elemento da cultura Hip -Hop, que vão desde o grafite, breaking, MC, DJ, até o conhecimento na área. O programa é permanente e novas convocatórias serão anunciadas no decorrer do ano.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano