Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Em São Paulo, relatora da OEA discute violação de direitos da população negra

Evento será no dia 24 de outubro, no bairro da Liberdade; estarão presentes nomes como a deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP) e o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP)

21 de outubro de 2019

Antonia Urrejola, relatora da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA), virá ao Brasil para participar do debate “Violação de direitos humanos da população negra: o que fazer?”.

No encontro com parlamentares e membros de organizações do movimento negro na quinta-feira (24) em São Paulo, Antonia Urrejola deve receber denúncias sobre as políticas do governo de Jair Bolsonaro que representam riscos à vida dos negros brasileiros.

Para o movimento negro, medidas como o pacote de segurança pública apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a flexibilização do armamento corroboram com o genocídio da população negra.

Estarão presentes no evento a deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP); o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP); o professor e doutor em direito Adilson Moreira; a presidente do Instituto Geledes, Maria Sylvia, entre outros nomes que atuam na defesa dos direitos da comunidade negra.

Serviço:

“Violação de direitos humanos da população negra: o que fazer?”.

Quando: 24 de outubro, quinta-feira, a partir das 9h

Onde: Sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP)

Largo da Pólvora, 141, Liberdade, São Paulo – SP | Entrada gratuita.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano