Pesquisar
Close this search box.

Fiocruz lança medidas para enfrentamento da Covid-19 nas favelas cariocas

O plano recebeu apoio financeiro da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que permitiu a transferência de até R$ 20 milhões de um fundo especial

Texto: Redação | Imagem: Prefeitura do Rio de janeiro

Fiocruz lança edital para enfrentamento da Covid-19 nas favela

26 de março de 2021

Com o objetivo de auxiliar na resposta para o enfrentamento da pandemia e seus efeitos nas favelas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou a Chamada Pública para Apoio a Ações Emergenciais de Enfrentamento à Covid-19 nas favelas do Rio de Janeiro. O plano recebeu apoio financeiro da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) a partir do PL nº 8972/2020, de autoria da deputada estadual Renata Souza (PSOL), que permitiu a transferência de até R$ 20 milhões de um fundo especial à Fiocruz, para o desenvolvimento e a implementação do plano de enfrentamento ao coronavírus nas favelas e periferias.

“As desigualdades sociais enfrentadas pelas favelas, como as dificuldades de acessos à saneamento básico e água, até às questões habitacionais e econômicas, se apresentam como entraves para uma quarentena e um isolamento social dignos. A favela faz a economia da cidade girar mesmo durante a pandemia. Muitos moradores desenvolvem trabalhos essenciais, seja na enfermagem, nos supermercados ou mesmo como entregadores delivery. O edital lançado hoje é tão importante por isso: por fortalecer projetos que levem em conta as especificidades e a realidade dos moradores de favelas”, explica a deputada, líder do PSOL na Alerj.

A chamada pública pretende financiar projetos em todo estado do Rio de Janeiro que contribuam para ampliar a participação social na vigilância em saúde de base territorial nas favelas fluminenses. A inscrição está disponível até o dia 29 de abril e o resultado final do apoio aos projetos será divulgado no dia 07 de junho. O objetivo é aprovar 140 projetos, com financiamento imediato dos primeiros 41 projetos aprovados.

O edital disponibilizado pela Fiocruz pode ser conferido aqui.

Leia também:

Negro e LGBTQIA+, Vinícius Castelo defende renda básica para Olinda; entenda a proposta

Governadores cobram do Congresso Nacional auxílio emergencial de 600 reais

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano