Pesquisar
Close this search box.

Primeira covereadora intersexo eleita no país, Carolina Iara sofre atentado

carolina_iara_bancada

27 de janeiro de 2021

Atentado aconteceu na madrugada da segunda-feira para a terça-feira (27). Parlamentar registrou um boletim de ocorrência na tarde desta quarta-feira (27) e recebeu o apoiode parlamentares e lideranças 

Texto: Redação | Imagem: Divulgação

Primeira covereadora intersexo eleita no país, Carolina Iara (PSOL/SP) foi vítima de um atentado na madrugada da terça-feira (26). Segundo informações divulgadas pela Bancada Feminista, mandata coletiva que a parlamentar integra, pelo menos dois tiros foram disparados contra a casa de Carolina, na Zona Leste da capital.

Iara estava em sua residência junto à mãe e o irmão no momento do atentado, mas nenhum dos três ficou ferido. Por questões de segurança, a parlamentar deixou a casa.

Imagens obtidas por uma câmera de segurança mostram um carro branco com vidros escuros parado na frente da casa da covereadora por aproximadamente 3 minutos, entre às 2h07 e 2h10. Vizinhos confirmam que ouviram os disparos por volta desse horário.

Segundo a assessoria de imprensa da Mandata, a parlamentar registrou um boletim de ocorrência na tarde desta quarta-feira 27 na Delegacia de Proteção à Pessoa, onde também estiveram presentes parlamentares e lideranças de movimentos sociais.

Nas redes sociais, a Bancada Feminista do PSOL demonstrou indignação: “Exigimos investigação imediata, pois não podemos permitir que uma mulher preta, travesti e intersexo seja silenciada com violência. Fascistas não passarão!”

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano