Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Quênia e Bahia unem esforços em projeto de reflorestamento e compensação ambiental

País do leste africano é reconhecido mundialmente pelo seu comprometimento com o reflorestamento de áreas degradadas
A imagem mostra o registro do encontro entre os representantes da Secretaria do Meio Ambiente da Bahia e uma comitiva liderada pelo embaixador do Quênia, Lemarron Kaanto.

Foto: Reprodução/Sema Bahia

18 de fevereiro de 2024

O Quênia, conhecido por suas iniciativas de reflorestamento em grande escala, e a Bahia estabeleceram uma parceria para trocar experiências e colaborar em ações ambientais. Uma comitiva queniana, liderada pelo embaixador Lemarron Kaanto e o segundo conselheiro Robert Lanyasunya, foi recebida pelo secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), Eduardo Sodré, em Salvador.

Durante o encontro, realizado na sede da Sema, foram discutidas as ações de reflorestamento implementadas pelo Quênia, que já plantou e monitorou mais de 150 mil mudas. A iniciativa visa a compensação ambiental, incluindo a neutralização das emissões de dióxido de carbono (CO²) geradas durante o Carnaval de Salvador.

O inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) divulgado durante o Carnaval revelou que mais de 30 mil toneladas de CO² foram emitidas durante os sete dias de festa. Em resposta, o governo da Bahia se comprometeu a plantar 100 mil mudas em 65 hectares de áreas degradadas ao longo do ano para compensar essas emissões.

Eduardo Sodré enfatizou a importância da parceria com o Quênia, destacando a necessidade de ações eficientes diante dos impactos ambientais causados por eventos como o Carnaval. Além disso, ressaltou a possibilidade de estabelecer grandes parcerias, especialmente no desenvolvimento de soluções tecnológicas para o reflorestamento e monitoramento ambiental.

“Muitas coisas nos unem ao país africano, não só as questões culturais, mas também a similaridade territorial e climática. A intenção é estabelecermos uma parceria para trocar experiências, principalmente no replantio e monitoramento”, enfatizou em nota.

O embaixador Lemarron Kaanto enfatizou o sucesso do projeto queniano, atribuindo-o ao engajamento da sociedade e à introdução de tecnologias, como um aplicativo de monitoramento de áreas replantadas. 

“Quando envolvemos a população, mostramos a diferença entre falar e agir. Já plantamos 150 milhões de árvores e até criamos um feriado nacional, no dia 13 de novembro, para que a população possa se empenhar no propósito”, concluiu.

O encontro contou com a presença de representantes da Sema, incluindo o chefe de Gabinete, André Ferraro, o superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental, Tiago Porto, e outros membros da equipe, demonstrando o compromisso mútuo em promover ações ambientais significativas e sustentáveis.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano