Pesquisar
Close this search box.

Rodrigo Maia põe acordo da base Alcântara em votação, relata deputada

WhatsApp_Image_2019-10-16_at_22.02.17

17 de outubro de 2019

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ), relatou a situação na noite desta quarta-feira (16) através de sua conta no Twitter

Texto / Solon Neto | Edição / Pedro Borges | Imagem / Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodirgo Maia (DEM-RJ) colocou em votação no plenário a matéria sobre o acordo entre Brasil e Estados Unidos para utilização da base de Alcântara-MA.

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ), relatou a situação na noite desta quarta-feira (16) através de sua conta no Twitter. 

O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre Brasil e EUA para exploração da base de Alcântara foi fechado em 18 de março entre os governos dos presidentes Jair Bolsonaro (PSL) e Donald Trump precisa ser aprovado ainda pelo Congresso Nacional no Brasil.

A Coalizão Negra por Direitos e a Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) apontam que mais de 800 famílias quilombolas serão removidas da região caso o acordo entre em vigor.

O centro de lançamento de Alcântara é considerado o mais bem localizado do mundo. A proximidade com a linha do Equador faz diminuir o combustível necessário para o lançamento de satélites e foguetes. Dessa forma, a base é cobiçada por outros países com tecnologia para colocar satélites em órbita.

Os EUA já tentaram um acordo do tipo anteriormente com o Brasil no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). À época, a medida foi barrada na Câmara dos Deputados. 

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano