Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Lula anuncia nova representação da ‘Fiocruz África’ na Etiópia

Iniciativa parte da experiência bem-sucedida da entidade em Moçambique
Imagem mostra a fachada da Fundação Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro.

Foto: COC/Fiocruz

20 de fevereiro de 2024

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou, durante a 37ª Cúpula da União Africana (UA), a ampliação da cooperação em saúde com o continente, a partir da criação de uma representação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Adis Abeba, capital da Etiópia.

O presidente da fundação, Mario Moreira, também estava presente na comitiva brasileira para representar a ministra Nísia Trindade Lima no encontro dos ministros da Saúde, onde a Fiocruz foi apresentada como uma grande parceira do continente africano

A abertura de nova representação parte da experiência bem-sucedida em Moçambique, onde a instituição atua desde 2008, fortalecendo o sistema público com a formação de novos cientistas africanos dedicados às questões de saúde locais.

Em seu discurso, o presidente Lula defendeu uma cooperação voltada para a equidade em saúde, além de destacar a importância da colaboração com o Centro Africano de Controle e Prevenção de Doenças (CDC África).

“Vamos trabalhar com o Centro Africano de Controle e Prevenção de Doenças para enfrentar doenças tropicais negligenciadas. Teremos como meta a ampliação do acesso a medicamentos, evitando a repetição do ‘apartheid’ de vacinas que vimos na Covid-19”, afirmou Lula, conforme publicação da entidade.

Segundo o líder brasileiro, para levar as iniciativas adiante, será necessária a criação de um posto avançado de cooperação junto à União Africana em setores como pesquisa agrícola, saúde, educação, meio ambiente e ciência e tecnologia. 

“Nossa representação diplomática em Adis Abeba contará em breve com funcionários de órgãos governamentais como a Agência Brasileira de Cooperação, a Embrapa e a Fiocruz, nossos órgãos de pesquisa e desenvolvimento em agropecuária e saúde”, acrescentou.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano