Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Exposição ‘Agô’ de Ayrson Heráclito encerra temporada em Salvador

Performance inédita será realizada neste sábado (24); Exposição segue em cartaz até o dia 3 de março
A imagem mostra uma representação da divindade Omulu sob a perspectiva do artista Ayrson Heráclito.

Foto: Divulgação

23 de fevereiro de 2024

Após seis meses em cartaz no Museu de Arte Contemporânea da Bahia (MAC_Bahia), a exposição “Agô”, do renomado artista, curador, pesquisador e professor Ayrson Heráclito, chega ao seu término. Para marcar o encerramento desta temporada de sucesso, será realizada a performance inédita “Falando e fazendo comida de santo” neste sábado (24), às 17h, na Galeria Contemporânea do museu.

A performance, segundo nota do Governo da Bahia, consiste na narração de histórias e na preparação de oferendas para algumas deidades de origem afro-baiana. Ayrson Heráclito executará mais de uma dezena de pratos referentes às comidas de “santo”, entoando poeticamente alguns de seus significados, em um mergulho na cultura Yorubaiana, representada por meio de Itans, contos propagados nos terreiros dessa tradição. 

Os visitantes também terão a oportunidade de apreciar a série de fotografias “Bori”, definida pelo artista como “ebó-arte”, referindo-se às oferendas específicas para cada divindade.

A exposição “Agô” permanecerá em cartaz no MAC_Bahia até o dia 3 de março, após receber a visita de mais de 52 mil pessoas ao longo de sua temporada.

Considerada um farol conceitual para a programação inicial do museu, a mostra apresenta um panorama diversificado de trabalhos, incluindo alguns inéditos na Bahia. A produção de Ayrson Heráclito valoriza e ressignifica os pilares filosóficos, estéticos, artísticos e culturais que fundamentam a rica herança da cultura baiana afro-diaspórica.

Ayrson Heráclito é reconhecido como o principal nome da arte contemporânea na Bahia e um dos mais proeminentes do Brasil. Sua versatilidade artística abrange diferentes linguagens, incluindo pintura, desenho, escultura, fotografia, audiovisual, instalação e performance. Suas obras já foram expostas em espaços de destaque no circuito internacional das artes, tanto na Europa e Estados Unidos quanto em regiões de potência na América Latina, África e Ásia.

Além de sua atuação como artista, Heráclito também se destaca como pesquisador, explorando diversos aspectos da prática artística e da história da arte. Suas reflexões abrangem desde a poética dos materiais e suas implicações políticas até a relação entre espiritualidade religiosa e produção de afetos na arte contemporânea.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano