Pesquisar
Close this search box.

Festival Arrastão Cultural traz arte inspirada em vivências negras e trans

Evento tem como objetivo divulgar e fomentar artistas contemporâneos e independentes da cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo

Texto: Redação | Imagem: Divulgação

Festival online Arrastão Cultural traz arte inspirada em vivências negras e trans

26 de março de 2021

Abrindo espaço para expressões artísticas variadas, o Festival Arrastão Cultural convida Baobá e banda para se apresentar no evento que será transmitido online pelo canal do projeto no YouTube neste sábado (27).  Com sonoridade marcada pelas culturas de tradição africana, como o coco de roda, o jongo e o candomblé, o grupo também traz elementos do funk, do soul e do blues, numa performance com vocal forte e de discurso incisivo.

Resgatando a ancestralidade da população negra, “Baobá” remete à árvore que conta história dos tempos imemoriais, que guarda os segredos e os transforma em poesia e canções. A apresentação marca o terceiro episódio da 9ª edição do evento que visa expandir a arte contemporânea reunindo artistas independentes para uma série de  cinco programas. Todos os episódios vão ao ar às 16h do último sábado do mês.

Para completar o show, a artista Warley Noua se apresenta por meio de música e poesia, convidando o público para reflexões sobre as estruturas e os dogmas da sociedade, majoritariamente dominada por homens cisgênero, brancos e heterossexuais. Em performance, a artista brinca com o olhar de si sobre o mundo e como percebe os olhares da sociedade sobre si mesma e encontra novas definições para viver com seu cotidiano e sua arte, que é viva e consciente. 

O Projeto Arrastão Cultural nasceu em 2012 com o objetivo de divulgar e fomentar artistas de diversas linguagens, contemporâneos e independentes da cidade de Guarulhos (região metropolitana de São Paulo). Em seus oito anos de existência, já produziu inúmeros festivais ao ar livre, a partir da parceria com outros coletivos, com o poder público e entidades da iniciativa privada. O coletivo trabalha com profissionais de diversas áreas, dentre os quais jornalistas, técnicos de som, fotógrafos, designs, ativistas, produtores e pessoas engajadas em colaborar.

Em 2019, o Arrastão Cultural realizou uma edição especial do seu Festival no Sesc Guarulhos, e ao longo de dois dias de evento cerca de 70 artistas guarulhenses de diversas linguagens.

Leia também:

Musical inspirado em Arlindo Cruz é exibido online até o fim de março

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano