Pesquisar
Close this search box.

Festival Sesc Culturas Negras terá mais de 80 atividades espalhadas por SP

Programação celebra Dia Mundial de África com shows, espetáculos, experiências, discussões e passeios
O primeiro bloco afro do Brasil, conhecido como “O Mais Belo dos Belos”, Ilê Aiyê, marca presença na abertura do festival.

Foto: Divulgação

20 de maio de 2024

O Festival Sesc Culturas Negras vai apresentar mais de 80 atividades em diferentes formatos e linguagens, entre os dias 22 e 26 de maio. A iniciativa está prevista para ocorrer em diversas unidades da instituição no estado de São Paulo.

O propósito é valorizar, reconhecer e promover a cultura negra por meio de uma variedade de atividades, como shows, espetáculos, experiências vivenciais, discussões em grupo e passeios.

Além da participação de artistas, a programação inclui grupos e coletivos, lideranças comunitárias, mestres e mestras tradicionais e pesquisadores da arte e da cultura negra para marcar o Dia Mundial de África, celebrado em 25 de maio.

O festival inicia com a apresentação do primeiro bloco afro do país, Ilê Aiyê, no Sesc Pinheiros, e ao longo dos dias, contará com a participação de Negra Li, Rincon Sapiência, Luedji Luna, Cida Bento e o coletivo Prot{Agô}nistas em outras unidades.

Entre os destaques do evento, está a estreia da peça “Angu“, escrita por Rodrigo França e as performances das artistas africanas Mayra Andrade, de Cabo Verde, e Nduduzo Siba, da África do Sul.

O cronograma também inclui uma roda de conversas que reúne comunicadores negros para discutir o jornalismo antirracista. Entre os convidados presentes no debate intitulado “Nós por nós: mídias negras e comunicação antirracista“, está Pedro Borges, co-fundador e editor chefe da Alma Preta.

Confira a programação completa no site do Sesc São Paulo.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano