Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Museu das Favelas anuncia programação gratuita, incluindo samba e atividades para crianças

O Espaço cultural receberá nos próximos dias atividades que remetem às expressões artísticas, políticas e religiosas, assim como resistências negras
A imagem mostra a imagem de Nega Duda, mulher negra, responsável pelo samba de roda na atividade "Abre-Caminhos", no dia 19 de janeiro.

Foto: Instituto Moreira Salles/Reprodução

12 de janeiro de 2024

O Museu das Favelas, vinculado à Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, anunciou sua programação para o mês de janeiro. Com entrada gratuita e samba na programação, a agenda começa com o evento “Chegou fim de semana”, direcionado ao público infanto-juvenil. 

A atividade transformará o espaço cultural com a instalação de caixas d’águas, proporcionando diversão e estimulando reflexões sobre as formas de entretenimento acessíveis à periferia. As ativações ocorrem nos dias 13, 20 e 27 de janeiro, transformando o museu em um local de acolhimento tanto intelectual quanto lúdico.

No dia 19 de janeiro, às 16h, o evento “Abre-Caminhos” busca criar um espaço de acolhimento, encontro e experiências, ecoando vozes, lutas e memórias por meio do canto, da fala, da festa e do jogo. Para celebrar o início do ano, o Museu das Favelas recebe a “Lavagem com Flores e Perfumes do Samba de Roda Nega Duda“, uma representação do fluxo e da força energética da natureza, simbolizando a purificação. 

A atividade visa proteger contra energias negativas, liberar sentimentos ruins e estimular o perdão. Nega Duda, sambadeira do Recôncavo Baiano, traz referências ao culto aos caboclos e à capoeira, preservando uma tradição popular e brasileira. A Lavagem com Flores e Perfumes do Samba de Roda Nega Duda é uma continuidade desse patrimônio histórico, artístico e ancestral da cultura.

Samba no aniversário de São Paulo

Na última quinta-feira do mês (25), em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo, acontece a visita educativa “A Favela Merece um Palácio!” que resgata as lembranças de Geraldo Filme e seus sambas carregados de discursos sociais, étnicos, culturais e políticos, redesenhando São Paulo como um território repleto de expressões artísticas, políticas e religiosas, assim como resistências negras. 

Conduzida pelo educador Wevs, a visita propõe um roteiro que dialoga com a presença do Museu das Favelas no centro da cidade, com o intuito de garantir o direito e o acesso às narrativas, personagens, patrimônios materiais e imateriais que compõem as histórias do público. Para participar, é necessário realizar inscrição antecipada no site.

Serviço

Abre-Caminhos: Lavagem com Flores e Perfumes do Samba de Roda Nega Duda

Data: 19 de janeiro, sexta-feira

Horário: 16h

Local: Museu das Favelas – Rua Guaianases, 1024 – Campos Elíseos; São Paulo – SP

Valores: Gratuito. Ingressos devem ser retirados previamente pelo site ou no local.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano