Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Musical infanto-juvenil afrocentrado estreia no Rio de Janeiro

A história destaca a representatividade negra infantil feminina para enaltecer a autoestima
A imagem mostra o elenco do musical “Makena — A Rainha da Arábia Feliz”, onde aparecem quatro personagens, dois homens e duas mulheres. Todos negros retintos.

Foto: Divulgação/Matheus Alves

2 de março de 2024

Os espectadores que forem ao Teatro II do CCBB Rio de Janeiro a partir deste sábado (2) poderão conferir a peça “Makeda – A Rainha da Arábia Feliz”. O musical, que fica em cartaz até 12 de maio, conta a jornada de uma princesa africana predestinada a se tornar a grande Rainha de Sabá.

Makeda é educada por seu trisavô dentro de uma tenda. Nela, os dois têm longos diálogos onde o sábio ancestral passa para a princesa importantes lições. Em especial, ele a ensina a usar o poder da imaginação para viajar por universos imaginários, visitar seu passado e assim superar os seus medos.

Os contos narrados pelo ancião são transcritos em um antigo pergaminho chamado “A Trilogia das Arábias” e têm como personagens centrais grandes rainhas do passado. Histórias essas que conduzem a princesa criança através de aventuras por terras desconhecidas. Nessa apresentação de realezas ancestrais são transmitidos valores fundamentais para reinar com sabedoria toda a Arábia Feliz.

 A dramaturgia  do musical é inspirada nas raízes das culturas africanas ancestrais. “Makeda – A Rainha da Arábia Feliz” traz como protagonista uma menina preta, em formação de sua personalidade, que possibilita a criação de novos arquétipos positivos no imaginário coletivo. Com texto e trilha sonora originais, a peça espelha um reflexo semelhante aos traços étnicos-raciais e ancestrais do povo preto.

“De forma poética e sensível, salientamos a representatividade negra infantil feminina como símbolo de avivamento da autoestima. No espetáculo, as crianças têm a oportunidade de se enxergarem como protagonistas de suas próprias representações históricas”, conta Allex Miranda, autor, diretor e idealizador do projeto.

Os ingressos estão disponíveis no site.

Serviço
Quando: De 2 de março a 12 de maio
Dias e horário: sábados e domingos às 15h
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) – Teatro 2
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – RJ
Ingressos: R$30 (inteira) e R$ 15 (meia)

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano