Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Primeiro grupo de Capoeira de Angola de BH celebra 40 anos

Com uma programação voltada aos saberes da capoeira, o Grupo Iuna de Capoeira Angola vai apresentar a cultura por meio de oficinas, filmes, rodas e vivências
A imagem mostra o Grupo Iuna de Capoeira de Angola, que celebra quatro décadas de atuação em Belo Horizonte.

Foto: Leandro Couri/Divulgação

1 de abril de 2024

Em um evento que celebra a tradição e a ancestralidade, o Grupo Iuna de Capoeira Angola, primeiro grupo de Capoeira Angola na cidade de Belo Horizonte, comemora quatro décadas de existência. Entre os dias 3 e 5 de abril, o “Seminário Festival Grupo Iuna 40 anos” terá uma programação dedicada à vivência por meio de debates, oficinas, exibição de filmes e rodas de capoeira. 

As celebrações relacionadas aos 40 anos do grupo tiveram início em 2023, com a segunda edição da “Caravana de Angola” que, desde novembro, circula por cidades com grupos e mestres que guardam a tradição da Capoeira Angola. A ação tem como objetivo promover a interlocução entre os grupos. Ao todo, são dez encontros que serão realizados até junho de 2024.

O seminário também vai reunir, no conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e na sede do grupo, pesquisadores para partilhar saberes sobre o passado, e discutir o futuro e o presente da Capoeira Angola. A programação é gratuita, mas é necessário inscrição prévia para as oficinas por meio do formulário

O grupo é composto por Mestre Primo, mestre e pesquisador da Capoeira de Angola e coordenador do projeto, além de jovens negros moradores da comunidade do bairro Saudade, em Belo Horizinte, Minas Gerais. Com sede na região desde 2001, o coletivo atua como um ponto de cultura e de transformação social.

Serviço
Quando: Entre os dias 3 e 5 de abril.
Onde: NA Universidade Federal de Minas Gerais. Endereço: Av. Afonso Pena, 1534, Centro, e na sede do Grupo Iuna: Rua Doutor Brochado, 1500, Bairro Alto Vera Cruz.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano