Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Indígenas denunciam incêndio criminoso em casa de reza no MS

Articulação Nacional dos Povos Indígenas classificou a situação como emergência
Momento do incêndio na Casa de Reza (Oga pysy/ Ogusu), no Mato Grosso do Sul.

Foto: Reprodução / Abip

23 de fevereiro de 2024

Por meio das redes sociais, a Assembléia Geral do Povo Kaiowá e Guarani (Atyguasu) denunciou um incêndio criminoso em uma Casa de Reza (Oga pysy/ Ogusu), no território indígena Kunumi, no município de Caarapó (MS).

“Não queimaram apenas nossa casa sagrada, queimaram também nossos corpos, uma parte do povo Guarani Kaiowá”, diz trecho da publicação. O texto ainda aponta que, de acordo com testemunhas, a casa de reza foi alvo de tentativas de incêndio anteriormente.

O local é religioso e considerado sagrado pela etnia Guarani Kaiowá. A Articulação Nacional dos Povos Indígenas também divulgou o ocorrido, onde classificou a situação como “emergência”.

Não é a primeira vez que a etnia sofre com incêndios em locais sagrados. Em agosto de 2023, a comunidade Tekoha Taajasu, no Rio Brilhante (MS), também foi alvo do mesmo crime. Em outra ocasião, em outubro, outro incêndio destruiu uma casa de reza indígena em Amambai (MS).

  • Verônica Serpa

    Graduanda de Jornalismo pela UNESP e caiçara do litoral norte de SP. Acredito na comunicação como forma de emancipação para populações tradicionais e marginalizadas. Apaixonada por fotografia, gastronomia e hip-hop.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano