Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Laura Amaro vai representar o Brasil no levantamento de peso nas Olimpíadas de Paris

A carioca de 23 anos vai disputar os Jogos na categoria de até 81 kg após ficar entre as dez melhores na Copa do Mundo da Tailândia
A imagem mostra a halterofilista Laura Amaro durante a Copa do Mundo da Tailândia, que deu a ela a vaga direta aos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Foto: Marina Ziehe/COB

9 de abril de 2024

A delegação brasileira que vai às Olimpíadas de Paris 2024 ganhou mais uma integrante. Laura Amaro se classificou nesta terça-feira (9) após ficar entre as dez melhores atletas da Copa do Mundo em Phuket, na Tailândia. A carioca de 23 anos ainda bateu seu recorde pessoal ao levantar 253 kg na soma da etapa. 

Em sua primeira tentativa de levantamento no arranco, Laura Amaro igualou seu recorde de 112 kg e conseguiu 141 kg no arremesso e superou o recorde brasileiro. Com a soma, ela ficou na oitava posição e se tornou a 184ª atleta classificada para as Olimpíadas. Essa é a primeira vez que a brasileira disputará a competição.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a halterofilista celebrou a conquista e disse estar feliz em ter conseguido a classificação direta ao entrar para o top 10 da Copa.

 “Eu estou muito feliz porque eu sabia que tinha esse resultado para dar e que bom que eu consegui botar na plataforma. Estou na Olimpíada, Brasil, bora”, vibrou a atleta ao lado dos treinadores.

Apesar de ser jovem, Laura já tem 11 anos de carreira no levantamento de peso. Ela foi a primeira brasileira a subir no pódio em um mundial da competição, quando ficou com a prata na categoria arranco de até 76kg. 

Para disputar os Jogos Olímpicos, Amaro precisou subir o peso para 81 kg e conquistou o bronze nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, em 2023, e no campeonato Pan-Americano disputado em fevereiro deste ano.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano