Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Maioria dos paulistanos é a favor do uso de câmeras corporais por policiais

Pesquisa do Datafolha aponta para uma maioria favorável ao uso de equipamentos de vigilância nos agentes da PMSP
Imagem de uma câmera corporal acoplada no uniforme de um policial militar da PMSP, em São Paulo.

Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

18 de março de 2024

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha indica que 88% das pessoas que vivem em São Paulo são a favor do uso de câmeras nos uniformes policiais. A pesquisa entrevistou cerca de 1.090 pessoas entre 7 e 8 de março.

De acordo com as respostas, o uso da câmera nos uniformes da PM “contribui muito” para a redução de mortes de policiais e civis. Entre 62% e 82% dos entrevistados acreditam que há relação entre as câmeras e a redução nos indicadores de violência.

Apesar de instauradas em julho de 2020, a gestão do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) diminuiu os investimentos para aquisição dos equipamentos em 10%, em outubro de 2023. O corte foi justificado pela queda na arrecadação.

Em janeiro, o ouvidor das Polícias de São Paulo, Cláudio Silva, solicitou ao governo estadual que os agentes da Polícia Militar usassem câmeras corporais durante a nova fase da Operação Escudo, deflagrada na Baixada Santista. A solicitação se deu após diversas denúncias de execuções e brutalidade policial nas ações da PM na região.

Segundo reportagem do G1, um levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em dezembro de 2022 apontou que o uso do equipamento evitou 104 mortes. Isso representa uma redução de 57% em relação ao período anterior à utilização das câmeras.

  • Verônica Serpa

    Graduanda de Jornalismo pela UNESP e caiçara do litoral norte de SP. Acredito na comunicação como forma de emancipação para populações tradicionais e marginalizadas. Apaixonada por fotografia, gastronomia e hip-hop.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano