Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ouvidoria das Polícias pede uso de câmeras corporais durante Operação Escudo

Também foi solicitado o acompanhamento presencial das ações
Câmera acoplada em uniforme de policial militar, em São Paulo (SP).

Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

26 de janeiro de 2024

A Ouvidoria das Polícias de São Paulo pediu ao governo estadual que policiais militares usem câmeras corporais durante a nova operação Escudo.

Segundo o ouvidor Cláudio Silva, o equipamento pode trazer mais tranquilidade e segurança aos moradores das regiões onde acontecerá a operação. O ouvidor também destaca a função publicitária das câmeras.

“Acima de tudo, garantir a publicidade, garantir que essa atuação seja pública e que uma ação legalista não pode ter receio de publicidade”, comentou o ouvidor, em entrevista à Agência Brasil.

A Ouvidoria também solicitou acompanhamento presencial durante as ações dos policiais, por meio de um ofício enviado ao Ministério Público de São Paulo.

No último ano, a Operação Escudo causou cerca de 28 mortes, e gerou diversas denúncias de abuso de autoridade e truculência na Baixada Santista. A ação foi denunciada e é investigada pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) Apesar das denúncias, novas versões da operação foram instauradas no início do mês.

  • Verônica Serpa

    Graduanda de Jornalismo pela UNESP e caiçara do litoral norte de SP. Acredito na comunicação como forma de emancipação para populações tradicionais e marginalizadas. Apaixonada por fotografia, gastronomia e hip-hop.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano