Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

BA: Vídeo flagra momento em que PM atira e mata jovem rendido

Imagens mostram quando Daniel da Cruz de Jesus, de 24 anos, coloca as mãos na cabeça durante a abordagem e recebe um tiro; PM chegou a alegar troca de tiros

Imagem mostra dois policiais ao lado de um carro e um homem com as mãos na cabeça

Foto: Foto: Reprodução/Vídeo

18 de julho de 2022

Um jovem de 24 anos foi morto após ser abordado por agentes da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) que faziam rondas pelo bairro Irmã Dulce, em Santo Antônio de Jesus, cidade localizada no Recôncavo Baiano.

O caso aconteceu na última sexta-feira (15), e imagens de uma câmera de monitoramento mostram o momento em que o rapaz, identificado como Daniel da Cruz de Jesus, anda pela rua e é parado por PMs que estavam em um veículo branco.

Ao ser abordado, Daniel coloca as mãos na cabeça e abre as pernas. Em seguida, dois policiais armados descem do carro, enquanto um terceiro dirige o veículo. Logo após, é possível ouvir um disparo e o jovem cai. Mais dois tiros são disparados enquanto Daniel está ao chão. Assista abaixo:

 

A Polícia Militar da Bahia chegou a alegar que fazia uma ronda pela região quando os agentes foram recebidos a tiros. No entanto, a versão diverge do trecho do vídeo, além disso, os policiais estavam em um veículo sem identificação da PM. Por causa do ocorrido, familiares da vítima fizeram um protesto em frente ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade e pediram por justiça.

Posicionamento

Em nota enviada à Alma Preta Jornalismo, a Polícia Militar informou que o Comandante do 14º Batalhão, o tenente-coronel Edmundo Assemany, determinou a instauração de um inquérito policial militar (IPM) para apurar as circunstâncias da morte do rapaz durante a abordagem.

Além disso, a PM disse que, segundo informações da unidade, com o rapaz foram apreendidos “um revólver calibre 38, 19 pedras crack, um envelope de cocaína, dois papelotes e uma porção de maconha prensada, que foram encaminhados para a delegacia do município”.

Por fim, informou que as armas dos policiais foram recolhidas e um laudo pericial foi solicitado para ser juntado ao inquérito e à cópia do laudo cadavérico. Conforme a PM, a previsão para conclusão do IPM é de 40 dias.

A Alma Preta Jornalismo também pediu um posicionamento da Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia, no entanto, não obtivemos retorno até o fechamento da matéria.

Leia também: “Menino de ouro”: jovem negro é preso acusado de sequestro; família nega envolvimento

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano