Pesquisar
Close this search box.

Vinicius Jr. faz gol em final e fortalece candidatura a melhor do mundo

Vinicius Jr. foi o destaque do Real Madrid na final da UEFA Champions League contra o Borussia Dortmund
O jogador brasileiro Vinícius Jr comemora, abraçado pelo companheiro de equipe Rodrygo Goes, após marcar o gol da vitória do Real Madrid sobre o Borussia Dortmund na final da Champions League, em Londres, 1º de junho de 2024

Foto: Adrian Dennis/AFP

1 de junho de 2024

Vinicius Jr., atacante da seleção brasileira, fez o segundo gol da vitória do Real Madrid contra o Borussia Dortmund para sacramentar a 15ª conquista do time espanhol. A partida ocorreu neste sábado (1º), em Londres, a partir das 16h, no horário de Brasília.

O primeiro gol do Real Madrid foi marcado pelo lateral da equipe Carvajal em jogada de escanteio, batido pelo meia alemão Toni Kroos, que fez a sua última partida com a camisa madrilenha. Com a vitória, o Real Madrid se isola na liderança como o maior campeão da Champions League. O segundo maior campeão, o Milan, da Itália, tem sete títulos.

O jogador brasileiro Vinicius Jr marca o gol da vitória do Real Madrid por 2x0 contra o Borussia Dortmund na final da Champions League, em Londre, 1º de junho de 2024
O jogador brasileiro Vinicius Jr marca o gol da vitória do Real Madrid por 2×0 contra o Borussia Dortmund na final da Champions League, em Londre, 1º de junho de 2024 (Ben Stansall/AFP)

Com a vitória e o gol da conquista, Vinicius Jr. fortalece a sua candidatura para se tornar o melhor jogador do mundo em 2024. Ao final da partida, os torcedores do Real Madrid gritaram “Bola de Ouro”, para o atacante brasileiro. O último brasileiro a ganhar o prêmio foi Kaká, em 2007.

Para além do destaque em campo, Vinicius Jr. tem se destacado como uma referência internacional na luta contra o racismo. O atacante brasileiro é alvo constante de ataques racistas durante o campeonato espanhol. A reação do jogador aos ataques o tornou uma liderança antirracista no esporte, sendo referência de ações amplas de combate ao racismo no futebol.

  • Pedro Borges

    Pedro Borges é cofundador, editor-chefe da Alma Preta. Formado pela UNESP, Pedro Borges compôs a equipe do Profissão Repórter e é co-autor do livro "AI-5 50 ANOS - Ainda não terminou de acabar", vencedor do Prêmio Jabuti em 2020 na categoria Artes.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano