Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

‘Família de sorte’: novo filme de Viviane Ferreira sobre reality shows combina humor e questões sociais

O longa chega aos cinemas neste ano com elenco majoritariamente negro
Imagem mostra os atores Duda Oliveira, Robson Nunes, Carol Roberto, Micheli Machado e Júlio Silvério, sentados em um sofá, caracterizados para o filme "Família de Sorte".

Foto: Divulgação

16 de janeiro de 2024

Após explorar o conceito do afrofuturismo em “Ó Pai, Ó 2”, a cineasta Viviane Ferreira apresenta o seu novo filme, “Família de Sorte”, que chega aos cinemas neste ano. Além de combinar humor e questões sociais, o longa aborda a relação dos brasileiros com reality shows no mesmo estilo de Big Brother Brasil. 

A produção assinada pela Gullane Entretenimento, em coprodução com a Warner Bros. Discovey, traz uma curiosidade no elenco. O casal de protagonistas do filme é interpretado pelos atores Robson Nunes (no papel de Maicon) e Micheli Machado (Jennifer), que também são um casal na vida real, apesar de contracenarem juntos em um filme pela primeira vez. 

Na trama, Jennifer trabalha em uma clínica pediátrica, enquanto Maicon trabalha como segurança noturno de um galpão. Quando Maicon é demitido e as contas apertam, ele decide se inscrever em seu reality show favorito para tentar a sorte. Sua esposa, no entanto, também é inscrita pelo irmão, Cleitinho, sem ela saber e acaba selecionada para participar.

Com isso, Maicon fica responsável por cuidar da casa e das duas filhas, Riana e Bionce. Surge então uma nova etapa na vida dessa família, que precisa lidar com a fama e ajustar-se às novas dinâmicas domésticas na ausência da matriarca da casa.

Em nota à imprensa, a diretora Viviane Ferreira celebra o elenco majoritariamente negro e compartilha que só aceitou dirigir o projeto sob uma condição: rir com as pessoas negras e não rir das pessoas negras.

“A maneira estereotipada como as pessoas negras têm sido historicamente retratadas no nosso audiovisual faz com que todas as vezes que a gente pense em um elenco negro, a gente o coloque automaticamente agindo contra o racismo e não simplesmente vivendo. A gente merece viver, sonhar, se emocionar e pensar uma vida em plenitude”, disse.

Com o roteiro assinado pela dramaturga e roteirista Maria Shu, conhecida por seu trabalho na peça “Cabaret Stravaganza” e nas séries “Irmandade” e “Bom Dia, Verônica”, o filme conta também com a participação no elenco de Júlio Silvério, Letícia Soares, Ricardo Oshiro, Duda Oliveira, Carol Roberto, entre outros.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano