Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Livro homenageia adolescentes mortos em incêndio no CT do Flamengo

“Longe do Ninho” conta a história das vítimas da tragédia no Rio de Janeiro
Imagem mostra uma montagem com o rosto dos 10 jovens mortos no incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo.

Foto: Divulgação / Editora Intrínseca

15 de fevereiro de 2024

Há cinco anos, um incêndio no Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, mais conhecido como o Ninho do Urubu, vitimava 10 garotos na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Para contar a história da tragédia, a jornalista Daniela Arbex lançou o livro “Longe do Ninho” pela editora Intrínseca. 

Resultado de uma apuração de dois anos que envolveu quase 10 mil páginas de documentos e cerca de 150 entrevistas, a obra apresenta novas informações sobre o incidente que tirou a vida dos jovens com idades entre 14 e 16 anos.

Entre as vítimas estavam Arthur Vinicius, Athila Paixão, Bernardo Pisetta, Christian Esmério, Gedson Santos, Jorge Eduardo, Pablo Henrique, Rykelmo de Souza Viana, Samuel Thomas e Vitor Isaías.

Até hoje, nenhuma das 11 pessoas indiciadas pelo Ministério Público foi condenada. O processo segue em análise na Justiça. A primeira audiência ocorreu em agosto de 2023.

A ideia do livro surgiu após Daniela ser procurada por uma mãe que perdera o filho no incêndio. Após dois anos reunindo depoimentos e investigando o caso, a autora narra a rotina dos meninos, a amizade entre eles, o luto dos pais e, sobretudo, a série de negligências que culminaram na morte de 10 inocentes. 

Para organizar a linha do tempo, a jornalista destacou diversas inspeções do Ministério Público no Ninho do Urubu desde 2012, nas quais são apontadas várias necessidades de melhoria em relação ao atendimento oferecido aos atletas da base. A autora também abrange a importância de cuidar da saúde mental de adolescentes que começam suas carreiras esportivas precocemente.

De acordo com a escritora, o Flamengo se recusou a dar qualquer depoimento para o livro. Daniela Arbex chegou a visitar o museu do clube da Gávea e se surpreendeu ao não encontrar registro algum sobre os garotos do ninho.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano