Pesquisar
Close this search box.

Salvador lança guia de turismo com foco em 11 experiências afrocentradas

Iniciativa conta com um Comitê de Afroturismo, primeiro do gênero no Brasil
Apresentação da "Rolê Afro", um guia de experiências afrocentradas em Salvador.

Foto: Valter Pontes / Secom PMS

21 de maio de 2024

A Prefeitura de Salvador apresentou nesta segunda-feira (20) o “Rolê Afro“, um guia composto por 11 roteiros turísticos e 30 pontos de visitação de experiências afrocentradas na capital baiana.

A iniciativa foi lançada junto com um Comitê de Afroturismo, pioneiro no Brasil, formado por diretores de agências, empreendedores e outros profissionais ligados ao segmento, que visa auxiliar a gestão municipal na elaboração de políticas públicas para a promoção e divulgação do turismo afrocentrado.

Durante a apresentação, a importância do afroturismo para o mercado de Salvador foi destacada com base nos resultados da primeira pesquisa sobre o tema no Brasil. O estudo incluiu a aplicação de dois questionários: um específico sobre afroturismo e outro geral.

A pesquisa revelou, por exemplo, que turistas pretos e pardos ficam, em média, mais tempo em Salvador, quando comparados com o perfil geral. Conforme a pesquisa, 21% dos turistas pretos e pardos ficam hospedados mais de 10 noites na capital baiana.

Segundo o município, a ação faz parte do posicionamento da cidade como “Salvador Capital Afro”, tanto em âmbito nacional como internacional. Outras iniciativas também englobam esse objetivo, como o apoio a empreendedores negros, a criação de espaços como a Casa das Histórias de Salvador (CHS) e a reabertura do Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Muncab).

A rota afrocentrada inclui experiências que variam entre duas e quatro horas em rôles organizados por temas como “História, luta e liberdade”, “Heroínas negras”, “Sabores da cidade”, “Quilombismo” e “Rota Afro Congo Bahia”.

Descrição dos roteiros

Rolê 1 – “História, luta e liberdade”. Ponto de encontro: Casa do Benin. Pontos de visitação (estimativa 4h): Igreja do Rosário dos Pretos / Sociedade Protetora dos Desvalidos

Rolê 2 – “Encantos de Oxum”. Ponto de Encontro: Terreiro de Jesus. Pontos de visitação (estimativa 4h): Instituto Kimundo / Loja Negros Solidários / Espaço Preto Fala de Amor/ Bella Oyá / Casa Dumato / Restaurante Zanzibar

Rolê 3 – “Heroínas negras”. Ponto de encontro: Monumento Maria Felipa. Pontos de visitação (estimativa 3h): Elevador Lacerda/ Memorial das Baianas de Acarajé/ Museu Nacional de Enfermagem/ Instituto Kimundo

Rolê 4 – “Das artes”. Ponto de encontro: Muncab. Pontos de visitação (estimativa 3h): Galeria Raimundo Santos Bida / Cabuloso Ateliê de Arte e Cultura

Rolê 5 – “Sabores da cidade”. Ponto de Encontro: A ser definido com o cliente. Pontos de visitação (estimativa 4h): Feira de São Joaquim/ Memorial das Baianas de Acarajé/ Museu da Gastronomia

Rolê 6 – “Encantos do Abaeté”: Ponto de encontro: Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté. Pontos de visitação (estimativa 4h): Bloco Afro Malê Debalê/ Terreiro Axé Abassá de Ogum

Rolê 7 – “Força das Àguas”. Ponto de encontro: Transfer a partir do hotel dos visitantes. Pontos de visitação (estimativa 4h): Terreiro da Casa Branca do Engenho Velho/ Casa de Yemanjá/ Acarajé da Dinha/ Largo da Mariquita

Rolê 8 – “Quilombismo”. Ponto de encontro: Praça Castro Alves. Pontos de visitação (estimativa 3h): Monumento a Zumbi dos Palmares – Sociedade Protetora dos Desvalidos / Cabuloso Ateliê de Arte e Cultura/ Galeria de Arte Sal e Terra/ Muncab / Casa do Benin / Restaurante Zanzibar

Rolê 9 – “Liberdade-Curuzu Tour – Circuito Sérgio Roberto”. Ponto de encontro: Monumento Maria Felipa. Pontos de visitação (estimativa 3h): Praça Nelson Mandela / Feira do Japão / Entrada do Curuzu / Memorial e Busto de Apolonio / Salão de Geruza Menezes / Vodun Zo / Ile Aiyê / Casa de Maria Felipa / Casa de Sergio Roberto / Jitolu

Rolê 10 – “Rota Afro Congo Bahia”. Ponto de encontro: Parque Pedra de Xangô. Pontos de visitação (estimativa 4h): Parque Pedra de Xangô / Sede Afoxé Filhos do Congo

Rolê 11 – “Vivência de Fé – Terra Santa dos Alagados”. Ponto de encontro: Base Comunitária da PM / Final de Linha do Uruguai. Ponto de visitação (estimativa 2h): Paróquia Nossa Senhora dos Alagados.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano