Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Trio Pipoca das Pretas promove inclusão e combate ao racismo no Carnaval de Salvador

Primeiro trio pipoca voltado ao público LGBTQIAPN+ se apresentou no penúltimo dia do Carnaval em Campo Grande
A imagem mostra o Trio Pipoca das Pretas, na última segunda-feira (12), durante circuito em Campo Grande, no Carnaval de Salvador.

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

13 de fevereiro de 2024

No penúltimo dia do Carnaval de Salvador, nesta segunda-feira (12), o Campo Grande foi palco de um desfile marcante protagonizado pelo Trio Pipoca das Pretas. Sem cordas, o trio arrastou uma multidão animada pelo Circuito Osmar durante a tarde, sob o comando de Ludmillah Anjos, Banda Yaya Muxima e Ayana Amorim

Em parceria com a Secretaria da Igualdade Racial (Sepromi) do estado, o evento destacou a campanha “Aqui o Racismo Pula Fora”, com o  objetivo de combater todas as formas de discriminação racial, divulgando os canais para denúncia e celebrando a cultura da paz na avenida.

Para Petra Perón, coordenadora de Regionalização e Promoção do Turismo LGBTQIAP+ do Estado, o bloco representa uma inovação significativa. “Nada mais justo do que a maior festa popular conviver com a diversidade. A expectativa é altíssima para levar arte drag para desfilar na avenida. E esse projeto só está acontecendo graças ao apoio do Governo do Estado e da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur)”, afirma em nota.

A secretária estadual da Igualdade Racial, Ângela Guimarães, exaltou o Carnaval de respeito e inclusão representado na avenida por um trio sem cordas. “Esse é o tipo de carnaval que acreditamos, é o carnaval livre, sem divisões de quem pode pagar para entrar e quem não pode. É o carnaval com mais liberdade, mais contato com as pessoas e que fala para todos”.

A cantora da banda Yayá Muxima, uma das responsáveis, enfatizou a importância da mulher preta para o Carnaval. “Os blocos afros todos nasceram do ventre de mulheres negras. Então, nós, mulheres negras, sempre fizemos do carnaval o que ele é, mas lamentavelmente esse espaço não nos era dado. Este momento é de conquista, é o momento de chegar e dizer, ‘olha, isso aqui é nosso também”, celebrou.

Trios pipoca fecham Carnaval 2024

Os circuitos Dodô (Barra/Ondina) e Osmar (Campo Grande) revelaram uma programação repleta de artistas para a despedida do Carnaval 2024, nesta terça-feira (13). Entre os destaques estão blocos e trios sem cordas, voltados para o folião pipoca.

Na barra, a maior parte dos desfiles será de trios sem cordas, como o de Hiago Danadinho; Trio do Arrocha, com Thiago Aquino, Silvano Sales e Kart Love; Praieiro, com Daniel Vieira; projeto Frevor, com Bailinho de Quinta; Guig Ghetto; Armandinho Dodô e Osmar; Leo Santana; A Mulherada; Lincoln; Malê Debalê; Tayrone; La Furia; Luana Monalisa; O Erótico; Attoxxa e A Dama.

Já em Campo Grande, a festa se inicia às 11h da manhã com programação voltada para as crianças. O único bloco com cordas a desfilar será As Muquiranas, comandado por Parangolé, e com previsão de saída prevista para 15h45.


A programação completa pode ser consultada  aqui.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano