Pesquisar
Close this search box.

SP: Museu Afro Brasil recebe feira de artes gráficas neste sábado

Evento reúne obras de 14 artistas selecionados e outros cinco convidados, com trabalhos que retratam a diversidade social do Brasil
Imagem mostra uma ilustração de uma mulher negra, com conchinhas brancas e o fundo vermelho.

Foto: ÒRÚ (@oru.artista)

17 de maio de 2024

A 5ª edição da feira de artes gráficas “MAB Margens” acontece no Museu Afro Brasil Emanoel Araujo, em São Paulo (SP), neste sábado (18), com entrada gratuita. O evento faz parte da 22ª Semana Nacional de Museus.

A feira promove um espaço para reflexão sobre “as margens” enquanto fronteira de produções, com artistas e coletivos pouco visibilizados no cenário de artes visuais.

Para o evento, foi lançado um chamamento público, divulgado via redes sociais e site do Museu, por meio do qual foram selecionados 14 artistas e coletivos pela Comissão de Seleção formada por profissionais de diferentes núcleos de trabalho do Museu. Foram também convidados cinco artistas, cujos portfólios retratam a diversidade social brasileira.

Segundo Guinho Nascimento, um dos artistas que irão expor na feira, participar da “MAB Margens” é uma possibilidade de encontro. “É estar em comunidade pra ser e fazer mercado, entendendo a feira numa perspectiva que Exu apresenta: um lugar de movimentação, comunicação, prosperidade e caminhos. Assim, vai além de estar à margem do museu, é estar dentro. Não é a parede que nos distancia, porque a MAB é o quintal do Museu, aberto para comer, dançar, enfeitar, apreciar, rezar e celebrar”. 

Para a artista Neia Martins, a importância é “estar no espaço do Museu Afro Brasil Emanuel Araujo e no coletivo de artistas que representam esse cenário cada vez mais inclusivo”.

Oficina com técnicas de estamparia

Durante a feira ocorrerá, também gratuitamente, uma oficina voltada às articulações comunitárias em torno da cultura e do direito à cidade. Na atividade, serão apresentadas técnicas de estamparia em tecido com os artistas do JAMAC (Jardim Miriam Arte Clube).

A ação, entre às 14h e 16h, será mediada pela educadora Izabel Gomes, que utiliza materiais simples e acessíveis para criação de padrões únicos e personalizados em panos de prato – uma superfície para contar histórias e ensinar a técnica de estêncil, criando desenhos a partir de memórias pessoais e coletivas.

Serviço

Quando: Sábado, 18 de maio, das 12h às 18h,

Onde: Marquise do Museu Afro Brasil – Parque Ibirapuera, Av Pedro Álvares Cabral, s/n, portão 10, São Paulo (SP)

Entrada gratuita

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano