Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Vasco repudia PM-RJ após jovem atleta ser retirado de ônibus e preso por engano

Na ocasião, a polícia ignorou os documentos que o ligavam ao clube
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

19 de janeiro de 2024

Um jovem de 14 anos, atleta da base de remo do Vasco da Gama, foi detido por engano pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. O time denunciou o ocorrido em posicionamento oficial em rede social.

O adolescente estava a caminho de casa depois do treino na segunda-feira (15), quando foi abordado pelos PMs e retirado do ônibus. Ele foi levado para a delegacia, onde foi registrado Boletim de Ocorrência (BO) por furto de um celular.

O time afirma que o atleta apresentou os documentos que comprovam sua ligação com o Vasco, além de solicitar o contato com o clube, mas foi ignorado pelos policiais. O clube só foi notificado após a mãe do adolescente entrar em contato.

Em nota oficial, o clube repudiou a ação da polícia e classificou a prisão como injusta. “Diante desse caso gravíssimo, o CRVG (Clube de Regatas Vasco da Gama) informa que acionou seu departamento jurídico para atuar em representação de seu jovem remador buscando a indispensável reparação da injustiça praticada”, diz trecho da nota.

  • Verônica Serpa

    Graduanda de Jornalismo pela UNESP e caiçara do litoral norte de SP. Acredito na comunicação como forma de emancipação para populações tradicionais e marginalizadas. Apaixonada por fotografia, gastronomia e hip-hop.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano