Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Filme sobre crime ambiental em Brumadinho será exibido na Mostra de Cinema de Tiradentes

O desastre é considerado o maior acidente de trabalho da história do Brasil
Imagem mostra cena do curta-metragem “Água Rasa”. Nela, um homem branco de chapéu de palha e camisa branca aparece em um barco segurando um varejão de bambu.

Foto: Dani Drumond / Divulgação

17 de janeiro de 2024

O curta-metragem “Água Rasa”, dirigido pelo belo-horizontino Dani Drumond, foi selecionado para a 27ª Mostra de Cinema de Tiradentes. A obra conta a história dos moradores atingidos pelo rompimento da barragem da Vale na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais. 

A exibição será no domingo (21), quatro dias antes do crime completar cinco anos. O desastre é considerado o maior acidente de trabalho da história do Brasil e o segundo maior desastre industrial do século 21 em todo o mundo. 

Ao total, 272 pessoas morreram em razão das consequências ambientais, que devastaram matas, plantações e comunidades, além do impacto na vida de mais de 100 mil pessoas.

O filme narra a trajetória de Água Rasa, um ribeirinho que navega pelo Rio Paraopeba. O rio foi contaminado pela lama tóxica proveniente do rompimento da barragem da Vale, e Água Rasa percorre essa região até a foz, localizada na Represa de Três Marias.

Através da sabedoria de Seu Pedro, um pescador tradicional nascido às margens do Paraopeba, o menino descobre em seu varejão de bambu, o poder de ouvir e se conectar com o rio, com a natureza ao redor e com espíritos ribeirinhos.

Confira o trailer oficial do curta-metragem “Água Rasa”:

Mostra de Cinema de Tiradentes

A Mostra de Cinema de Tiradentes acontece do dia 19 ao dia 27 de janeiro, com programação gratuita. O evento, que este ano apresenta a temática “As Formas do Tempo”, se tornou uma grande plataforma de lançamento do cinema contemporâneo, na qual apresenta ao público a diversidade da produção brasileira

Além das exibições, a iniciativa promove atividades formativas, como debates, encontros, diálogos audiovisuais, rodas de conversa, oficinas, laboratórios, masterclasses, lançamentos de livros, performances, exposições e atrações artísticas.

Em 2024, o evento celebra as trajetórias do cineasta mineiro André Novais Oliveira e da atriz Bárbara Colen com a entrega do Troféu Barroco. As personalidades são consideradas essenciais para o reconhecimento e projeção internacional de artistas e produções do estado de Minas Gerais. 

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano