Pesquisar
Close this search box.

Jornalistas lançam livro sobre os dez anos da Lei de Cotas

A obra apresenta histórias de pessoas que foram beneficiadas pela Lei de Cotas, ao mesmo tempo em que reconstrói a trajetória de lutas até a aprovação da legislação
Imagem mostra uma jovem negra sentada no chão de uma biblioteca.

Foto: Freepik

18 de outubro de 2023

Fruto de décadas de luta do movimento negro, a Lei de Cotas completa 10 anos de implantação em 2023. Para celebrar a conquista, os jornalistas Márcia Maria Cruz, Gabriel Araújo e Vinicius Luiz acabam de lançar o luvro “Vidas Inteiras – Histórias dos 10 anos da Lei de Cotas”, pela Crivo Editorial.

A Lei 12.711/12 prevê que 50% das vagas em universidades públicas e institutos federais de ensino superior sejam destinadas a estudantes de escolas públicas, pessoas negras (pretas e pardas), indígenas e pessoas com deficiência.

A norma fez a diferença na vida dos estudantes brasileiros que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já correspondem a mais da metade das matrículas no ensino superior da rede federal.

A obra traz relatos de pessoas negras de Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Cachoeira (BA), Sobradinho (DF), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) para contar histórias de quem viveu as transformações provocadas pela implantação da lei em todo o território nacional, a partir de 2013.

Além das histórias individuais, os autores também recuperam as lutas travadas no parlamento e nas universidades por políticas de reparação para a população negra, em que aparecem personagens como Abdias Nascimento, Benedita da Silva, Zélia Amador e Carlos Alberto Oliveira dos Santos, o Caó.

“Os jornalistas Márcia Maria Cruz, Vinícius Luiz e Gabriel Araújo fazem um memorial das políticas afirmativas a partir de histórias de vidas e mostram como as cotas desencadeiam revoluções”, resume a deputada estadual Macaé Evaristo (PT-MG) em texto publicado na orelha do livro.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano