Pesquisar
Close this search box.

Delegação de Angola faz missão técnica para conhecer políticas sociais do Brasil

Representantes angolanos buscam conhecimento sobre políticas de assistência social e Cadastro Único
Delegação de Angola em visita ao CRAS de São Sebastião, no Distrito Federal, em visita técnica para conhecer políticas públicas do Brasil.

Foto: André Oliveira/MDS

17 de maio de 2024

Na quarta-feira (15), representantes de Angola realizaram uma visita técnica ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e ao Centro de Convivência (CECON) de São Sebastião, no Distrito Federal. A delegação teve a oportunidade de conhecer de perto as instalações, o trabalho de atendimento à população e o funcionamento do sistema do Cadastro Único, que concede acesso aos programas sociais do Governo Federal. A visita faz parte da missão técnica da delegação angolana no Brasil.

Elias Calviro, técnico do Cadastramento e Estruturação de Dados do Instituto de Desenvolvimento Local, destacou a importância da integração entre educação, saúde e assistência social em Angola, visando oferecer um atendimento mais eficaz à população vulnerável.

Ana Patrícia de Ramos Barros, representante da Assessoria Internacional do MDS, enfatizou que o propósito da visita da equipe técnica de Angola é conhecer as políticas, programas e ações de proteção social implementadas no Brasil, incluindo sua estrutura, sistemas e operacionalização.

Júlia Pacheco, consultora do Banco Mundial na área de proteção social, presente na visita ao CRAS, ressaltou o papel do Banco Mundial na intermediação entre países e áreas de proteção social do Brasil. Ela explicou que o banco possui especialistas em proteção social trabalhando em diversos países e que a visita ao Brasil é uma oportunidade para países em processo de implementação de cadastros únicos conhecerem as políticas já em vigor no país.

Júlia destacou que ainda há desafios a serem enfrentados, mas que a visita proporciona a troca de experiências e aprendizados que podem contribuir para o aprimoramento das políticas de assistência social em Angola e em outros países.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano