Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Flávio Dino defende harmonia entre Poderes em despedida do Senado

Parlamentar também destacou importância de discutir as políticas climáticas e as desigualdades sociais; Dino assume cargo no STF nesta semana
Na foto, o senador Flavio Dino fala em plenário do Senado Federal ao anunciar sua transição para o Supremo Tribunal Federal.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

21 de fevereiro de 2024

O ex -ministro da Justiça e senador Flávio Dino (PSB-MA) anunciou sua saída do Senado Federal para assumir o cargo de ministro do Superior Tribunal Federal (STF). O novo membro toma posse em cerimônia prevista para quinta-feira (22).

Dino assume vaga aberta com a aposentadoria da ministra Rosa Weber. Durante o discurso na terça-feira (20), ele manifestou sua “profissão de fé” na política, à qual se dedicou ao longo de 18 anos, defendeu a harmonia entre os Poderes e reiterou a “total confiança e crença de que não há bom caminho para o Brasil fora da política”. 

“Podem ter certeza da minha mais absoluta deferência aos poderes políticos do estado. E essa deferência se manifestando, inclusive, e sobretudo, pela capacidade de ouvir, de promover o bom diálogo institucional, para que nós possamos encontrar o modo pelo qual a harmonia dos poderes vai se concretizar”, disse.

Dino também destacou que é preciso focar nas questões essenciais para encontrar os caminhos necessários ao Brasil. Em sua visão, a política brasileira não pode ignorar as desigualdades sociais presentes na conjuntura atual “em que uma parte do Brasil vive no século 21 e outra parte vive no século 19”.

“Eu não consigo conceber a política sem tratar da questão das políticas climáticas, porque os fenômenos climáticos extremos se multiplicam em nossas esquinas, em nossas cidades. [..] Esses temas e outros tantos demandam soluções, e essas soluções não virão por geração espontânea, e é por isso que faço hoje essa profissão de fé na política“, afirmou.

“Nós precisamos de uma política forte e só teremos uma política forte com políticos credenciados a exercer a liderança que o Brasil exige. Esperem de mim imparcialidade e isenção. Esperem de mim fiel cumprimento da Constituição e da Lei. Nunca esperem de mim prevaricação. […] Um bom juiz fala muito pouco e ouve muito”, reiterou o novo ministro do STF.

Flávio Dino retornou ao Senado após sair do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Agora, o cargo é ocupado pelo ministro Ricardo Lewandowski. Ana Paula Lobato (PSB-MA), primeira suplente do senador, assumiu o mandato de titular, que se estende até 2031.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano