Pesquisar
Close this search box.

Jovem negra faz vaquinha online para estudar em Angola

Estudante da UFF ganhou uma bolsa para passar seis meses em Luanda, mas a oportunidade não inclui os custos com as despesas da viagem
Os Irmãos Milene e Jonatan quando foram aprovados para o ensino superior. Eles são negros e estão com o corpo pintado de canetinha, em comemoração.

Foto: Reprodução/Redes sociais

16 de outubro de 2023

Graduanda do sétimo período de Psicologia, Milene Araujo criou uma vaquinha online para ajudar a custear sua viagem para Angola.

A estudante foi contemplada para fazer mobilidade acadêmica por seis meses em Luanda, porém a bolsa não cobre as despesas da viagem, incluindo a emissão do passaporte.

Nascida no Jardim São Luis, Zona Sul de São Paulo, Milene tem 22 anos, é filha de mãe solo e nordestina. Aos 18 anos, com sua nota no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), ela foi aprovada em duas universidades federais e estuda Psicologia na Universidade Federal Fluminense (UFF) em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

Com o desejo de efetuar estudos aprofundados no território de origem de seus ancestrais em Angola, Milene resolveu tentar um semestre de mobilidade em África. A universitária acredita que essa é uma oportunidade com potência para ter aprendizados inimagináveis.

“Poder voltar às terras dos que vieram antes de mim é uma realização tremenda, é fazer algo que nunca pensei que seria possível”, conta.

A meta da vaquinha é alcançar o valor de R$ 20 mil. Para colaborar com a arrecadação, acesse o site.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano